Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
A AUTORIDADE DE JESUS – Lucas 20.27-47 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Jesus assume a autoridade conferida por Deus Pai ao afirmar que as Escrituras testificam DELE: Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de MIM - João 5.39.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 7.2mb).

O que é autoridade? Ter poder ou receber poder para mandar ou controlar.

Mateus 28.18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.   

01. Autoridade sobre a vida - Lucas 20.27-40

Jesus explica que a vida que cada um escolhe viver aqui na terra determina um destino eterno. O próprio Jesus será Juiz e julgará cada um segundo as suas obras.

Lucas 20.27-40: Chegando alguns dos saduceus, homens que dizem não haver ressurreição, perguntaram-lhe: Mestre, Moisés nos deixou escrito que, se morrer o irmão de alguém, sendo aquele casado e não deixando filhos, seu irmão deve casar com a viúva e suscitar descendência ao falecido. Ora, havia sete irmãos: o primeiro casou e morreu sem filhos; o segundo e o terceiro também desposaram a viúva; igualmente os sete não tiveram filhos e morreram. Por fim, morreu também a mulher. Esta mulher, pois, no dia da ressurreição, de qual deles será esposa? Porque os sete a desposaram. Então, lhes acrescentou Jesus: Os filhos deste mundo casam-se e dão-se em casamento; mas os que são havidos por dignos de alcançar a era vindoura e a ressurreição dentre os mortos não casam, nem se dão em casamento. Pois não podem mais morrer, porque são iguais aos anjos e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição. E que os mortos hão de ressuscitar, Moisés o indicou no trecho referente à sarça, quando chama ao Senhor o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Ora, Deus não é Deus de mortos, e sim de vivos; porque para ELE todos vivem. Então, disseram alguns dos escribas: Mestre, respondeste bem!  Dali por diante, não ousaram mais interrogá-lo.

V. 27-38 - Outra vez tentaram apanhar Jesus a respeito da sua autoridade e foram calados com a citação da Palavra de Deus: V. 38 - Ora, Deus não é Deus de mortos, e sim de vivos; porque para ELE todos vivem.

V. 39 - Os falsos e hipócritas ficaram sem saída: Mestre respondeste bem.

V. 40 - Dali por diante não ousaram mais interrogá-lo... Calaram-se! Diga, Aleluia!

Você quer a autoridade de Jesus sobre tua vida?

Você está vivo para Deus e o Senhor Jesus?

02. Autoridade pré-existente do Cristo/Ungido - Lucas 20.41-44

Jesus não era apenas um ser humano comum, Ele decidiu obedecer ao Pai para cumprir a missão de Salvador: João 1.10-12 - O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio DELE, mas o mundo não O conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não O receberam. Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome.

Jesus esclarece a questão: Mas Jesus lhes perguntou: Como podem dizer que o Cristo é filho de Davi? Visto como o próprio Davi afirma no livro dos Salmos: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por estrado dos teus pés. Assim, pois, Davi lhe chama Senhor, e como pode ser ele seu filho?

No costume hipócrita e judaico quem mais fazia perguntas, mais autoridade teria, bem por este motivo que Jesus lança uma pergunta contundente, que os derruba do trono da hipocrisia, sem solução e sem entendimento para eles.

Parece um enigma, mas é muito simples; o Rei Davi declara o senhorio pré-existente de Jesus no Sl 110.1: disse Deus a Jesus, assenta-te à minha direita....

- V. 44 - Assim, pois, Davi lhe chama Senhor, e como pode ser ele seu filho?

No entendimento dos Judeus, o Messias seria um grande rei da linhagem de Davi, por esta razão que Jesus era aclamado como filho de Davi, mas o próprio Rei profetizou a preexistência da autoridade de Jesus.

03. Autoridade que deve ser ouvida e obedecida - Lucas 20.45-47.

Todo o povo ouvia a Jesus, mas somente os discípulos estavam a fim de segui-LO obedecendo.

Ouvindo-o todo o povo, recomendou Jesus a seus discípulos: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes talares e muito apreciam as saudações nas praças, as primeiras cadeiras nas sinagogas e os primeiros lugares nos banquetes; os quais devoram as casas das viúvas e, para o justificar, fazem longas orações; estes sofrerão juízo muito mais severo.

Mateus 22.29 - Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.

V. 45-47 - Guardai-vos.... Vivemos tempos em que devemos, atentamente, obedecer a esta ordem de Jesus: guardai-vos....

- o diabo é um devorador:

Ml 3.11....repreenderei o devorador (Gauardai-vos).

1ª Pedro 5.8....procurando alguém para devorar... (Gauardai-vos)

2ª Co 2.17...mercadejando a Palavra de Deus... (Gauardai-vos)

Mateus 10.16 - Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes (Gauardai-vos) como as serpentes e símplices como as pombas.

Todo o povo ouve a Palavra de Deus, mas poucos são os verdadeiros discípulos dispostos a obedecerem aos seus Mandamentos. Quem obedece está guardado embaixo das Asas de Deus.   

Guarda-me como a menina dos olhos, esconde-me à sombra das tuas asas - Salmo 17.8. 

Guardai-vos ouvindo e obedecendo ao Senhor Jesus. Daí a Ele toda a autoridade.        

Conclusão

Jesus recebeu do Pai Poder e Autoridade que se estende de eternidade a eternidade, sobre tudo e sobre todos (Mt 28.18).

Autoridade sobre a vida - Lucas 20.27-40

É pré-existente a autoridade do Cristo/Ungido - Lucas 20.41-44

As Palavras de Jesus devem ser ouvidas e obedecidas - Lucas 20.45-47

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 20.04.2014 - Noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Familiar

·Estudo 07 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 06 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 05 - Salvação - O que significa salvação na Bíblia
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.038 segundos