Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
A AUTORIDADE DE JESUS – Lucas 20.27-47 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Jesus assume a autoridade conferida por Deus Pai ao afirmar que as Escrituras testificam DELE: Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de MIM - João 5.39.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 7.2mb).

O que é autoridade? Ter poder ou receber poder para mandar ou controlar.

Mateus 28.18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.   

01. Autoridade sobre a vida - Lucas 20.27-40

Jesus explica que a vida que cada um escolhe viver aqui na terra determina um destino eterno. O próprio Jesus será Juiz e julgará cada um segundo as suas obras.

Lucas 20.27-40: Chegando alguns dos saduceus, homens que dizem não haver ressurreição, perguntaram-lhe: Mestre, Moisés nos deixou escrito que, se morrer o irmão de alguém, sendo aquele casado e não deixando filhos, seu irmão deve casar com a viúva e suscitar descendência ao falecido. Ora, havia sete irmãos: o primeiro casou e morreu sem filhos; o segundo e o terceiro também desposaram a viúva; igualmente os sete não tiveram filhos e morreram. Por fim, morreu também a mulher. Esta mulher, pois, no dia da ressurreição, de qual deles será esposa? Porque os sete a desposaram. Então, lhes acrescentou Jesus: Os filhos deste mundo casam-se e dão-se em casamento; mas os que são havidos por dignos de alcançar a era vindoura e a ressurreição dentre os mortos não casam, nem se dão em casamento. Pois não podem mais morrer, porque são iguais aos anjos e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição. E que os mortos hão de ressuscitar, Moisés o indicou no trecho referente à sarça, quando chama ao Senhor o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Ora, Deus não é Deus de mortos, e sim de vivos; porque para ELE todos vivem. Então, disseram alguns dos escribas: Mestre, respondeste bem!  Dali por diante, não ousaram mais interrogá-lo.

V. 27-38 - Outra vez tentaram apanhar Jesus a respeito da sua autoridade e foram calados com a citação da Palavra de Deus: V. 38 - Ora, Deus não é Deus de mortos, e sim de vivos; porque para ELE todos vivem.

V. 39 - Os falsos e hipócritas ficaram sem saída: Mestre respondeste bem.

V. 40 - Dali por diante não ousaram mais interrogá-lo... Calaram-se! Diga, Aleluia!

Você quer a autoridade de Jesus sobre tua vida?

Você está vivo para Deus e o Senhor Jesus?

02. Autoridade pré-existente do Cristo/Ungido - Lucas 20.41-44

Jesus não era apenas um ser humano comum, Ele decidiu obedecer ao Pai para cumprir a missão de Salvador: João 1.10-12 - O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio DELE, mas o mundo não O conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não O receberam. Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome.

Jesus esclarece a questão: Mas Jesus lhes perguntou: Como podem dizer que o Cristo é filho de Davi? Visto como o próprio Davi afirma no livro dos Salmos: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por estrado dos teus pés. Assim, pois, Davi lhe chama Senhor, e como pode ser ele seu filho?

No costume hipócrita e judaico quem mais fazia perguntas, mais autoridade teria, bem por este motivo que Jesus lança uma pergunta contundente, que os derruba do trono da hipocrisia, sem solução e sem entendimento para eles.

Parece um enigma, mas é muito simples; o Rei Davi declara o senhorio pré-existente de Jesus no Sl 110.1: disse Deus a Jesus, assenta-te à minha direita....

- V. 44 - Assim, pois, Davi lhe chama Senhor, e como pode ser ele seu filho?

No entendimento dos Judeus, o Messias seria um grande rei da linhagem de Davi, por esta razão que Jesus era aclamado como filho de Davi, mas o próprio Rei profetizou a preexistência da autoridade de Jesus.

03. Autoridade que deve ser ouvida e obedecida - Lucas 20.45-47.

Todo o povo ouvia a Jesus, mas somente os discípulos estavam a fim de segui-LO obedecendo.

Ouvindo-o todo o povo, recomendou Jesus a seus discípulos: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes talares e muito apreciam as saudações nas praças, as primeiras cadeiras nas sinagogas e os primeiros lugares nos banquetes; os quais devoram as casas das viúvas e, para o justificar, fazem longas orações; estes sofrerão juízo muito mais severo.

Mateus 22.29 - Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.

V. 45-47 - Guardai-vos.... Vivemos tempos em que devemos, atentamente, obedecer a esta ordem de Jesus: guardai-vos....

- o diabo é um devorador:

Ml 3.11....repreenderei o devorador (Gauardai-vos).

1ª Pedro 5.8....procurando alguém para devorar... (Gauardai-vos)

2ª Co 2.17...mercadejando a Palavra de Deus... (Gauardai-vos)

Mateus 10.16 - Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes (Gauardai-vos) como as serpentes e símplices como as pombas.

Todo o povo ouve a Palavra de Deus, mas poucos são os verdadeiros discípulos dispostos a obedecerem aos seus Mandamentos. Quem obedece está guardado embaixo das Asas de Deus.   

Guarda-me como a menina dos olhos, esconde-me à sombra das tuas asas - Salmo 17.8. 

Guardai-vos ouvindo e obedecendo ao Senhor Jesus. Daí a Ele toda a autoridade.        

Conclusão

Jesus recebeu do Pai Poder e Autoridade que se estende de eternidade a eternidade, sobre tudo e sobre todos (Mt 28.18).

Autoridade sobre a vida - Lucas 20.27-40

É pré-existente a autoridade do Cristo/Ungido - Lucas 20.41-44

As Palavras de Jesus devem ser ouvidas e obedecidas - Lucas 20.45-47

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 20.04.2014 - Noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Masculino

·Razões para não cairmos na ansiedade
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.034 segundos