Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
PLENITUDE DE DEUS – SUBMISSÃO – Efésios 3.14-21 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Plenitude de Deus envolve o próprio Deus, Jesus Cristo, o Espírito Santo e a Palavra de Deus, formando o Conselho Sobrenatural para habilitar o Crente a uma vida Cristã vitoriosa.

 (Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 6.84Mb)


O Apóstolo Paulo ora a Deus, de joelhos, suplicando para que a Igreja fosse tomada pelo Poder do Espírito Santo e assim pudesse conhecer o amor de Cristo, sendo envolvida pela plenitude de Deus.

Para vivermos a Plenitude de Deus, primeiramente é necessário tomarmos uma decisão pela salvação em Jesus Cristo, ou seja, conversão para o Reino de Deus e, mediante esta atitude, o Espírito Santo de Deus passa a habitar em nós (João 3.3-8).

Precisamos conhecer e nos submetermos a alguns princípios para ficarmos cheios do Espírito, pois sabemos que o próprio Espírito Santo de Deus conduz o crente conforme o Seu prazer para suprir as necessidades pessoais e locais (1ª coríntios 12.7-11).

Temos alguns elementos básicos para a caminhada na plenitude de Deus, comuns a todos aqueles que quiserem andar guiados pelo Espírito Santo: 01. Conhecimento; 02. Submissão; 03. Exercício. Hoje estaremos compartilhando apenas o segundo ponto.

01. Submissão a Deus Pai - v.14

Submissão a Deus é sujeitar-se aos seus Mandamentos e à sua Vontade, passando a obedecê-LO humildemente e constantemente.

Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que Ele, em tempo oportuno, vos exalte, lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós - 1ª Pedro 5.6-7.

Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós? Antes, Ele dá maior graça; pelo que diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração. Afligi-vos, lamentai e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto, e a vossa alegria, em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará. Tiago 4.5-10.

Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: Sede santos, porque Eu sou santo (Levítico 20.7) - 1ª Pedro 1.14-16.

Submissão a Deus é estar constantemente atento a todos os seus Mandamentos para agradá-LO e assim andarmos na sua Graça.

02. Submissão a Jesus Cristo - v.17-19 (Ef 4.11; Gl 2.19-20; Rm 6.14-16; 14.7-9)

Jesus, o Deus Eterno, se fez homem para declarar sua amizade por nós, porém Ele exige obediência: Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes a Mim; pelo contrário, Eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo conceda - João 15.14-16.

Você quer ser amigo de Jesus? - Sim? - Então obedeça e faça o que Ele manda!

O Pai ama ao Filho, e todas as coisas tem confiado às suas mãos. Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus - João 3.35-36.

Você conhece os Mandamentos de Deus reafirmados por Jesus (Lucas 9.23-25)?

03. Submissão ao Espírito Santo - v.16

O Espírito Santo é uma autoridade muito íntima que exige a experiência pessoal da Salvação em Jesus Cristo para que possamos entendê-LO e obedecer à sua vontade.

Mas Eu vos digo a verdade: convém-vos que Eu vá, porque, se Eu não for, o Consolador (Espírito Santo) não virá para vós outros; se, porém, Eu for, Eu vo-lo enviarei. Quando Ele vier, convencerá o mundo (humanidade) do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não Me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado - João 16.7-11.

Você tem permitido que o Espírito Santo te convença ou tem se rebelado à sua voz?

A Bíblia nos exorta a não apagar o Espírito e aplica a mesma palavra usada para não apagar a fogueira. O Espírito Santo é como um fogo que além de iluminar queima as impurezas. Não apagueis o Espírito - 1 Ts 5.19.

O Espírito Santo deseja queimar todas as impurezas e as palhas da vida. Cabe ao crente não apagar estas chamas purificadoras: Disse João a todos: Eu, na verdade, vos batizo com água, mas vem o que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar-lhe as correias das sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. A sua pá, ele a tem na mão, para limpar completamente a sua eira e recolher o trigo no seu celeiro; porém queimará a palha em fogo inextinguível - Lucas 3.16-17.

04. Submissão a Palavra de Deus

A Palavra de Deus apresenta normas de fé e conduta para que os filhos e filhas de Deus a obedecendo tenham uma vida vitoriosa.

Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido - Josué 1.8.

Se a Palavra de Deus diz como agirmos, porque agimos como queremos?          

É ela que nos instrui em toda a verdade: Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra - 2Tm 3.16.17. 

Não basta saber o que ela diz, é preciso obedecer, alimentar-se da Palavra: Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências, desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele (Palavra de Deus), vos seja dado crescimento para salvação, se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso - 1 Pedro 2.1-3.

A Palavra de Deus não é para ser questionada ou manipulada, mas é para ser incondicionalmente obedecida, seguindo o exemplo de Jesus que se humilhou e foi obediente até a morte e morte de cruz (Filipenses 2.8).

Conclusão

Sem esforço e vontade pessoal na vida Cristã diária, sendo submissos a Deus, ao seu Filho Jesus, ao Espírito Santo e à sua Palavra, jamais poderemos experimentar a Plenitude de Deus com o verdadeiro progresso.

Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele - Mateus 11.12.

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 07.02.2010 - noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Feminino

·Visão de Fé para a Esposa (Pr. Paulino Cordeiro)
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.035 segundos