Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
SEMEANDO E CEIFANDO – Gálatas 6.7-10 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará - Gálatas 6.7.

A Lei da semeadura regulamenta a liberdade Cristã, ninguém pode servir a si mesmo, viver regaladamente, esperando uma boa colheita.

No cumprimento desta Lei exige-se obediência, com responsabilidade na vida. O desregramento na semeadura produzirá maus resultados, com tormentos.

De Deus não se zomba, no Grego, significa "torcendo o nariz para Deus", rir-se ou tratar com desprezo; ou seja, é uma tentativa de ser mais "esperto" do que Deus, tentando levar uma vida impune.

01. Semeando para a carne, isso também ceifará

Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção - v.8ª e Gálatas 5.19-21.

A semente, ao ser semeada na terra, brotará e produzirá novas sementes, exatamente iguais. Semeando para a carne, da carne colherá corrupção, ou seja, andará por caminhos de morte, decadência e destruição.

 A Lei da colheita é exata, colhe-se precisamente o fruto daquilo que se semeou, não vos enganeis: Pois, assim como o joio é colhido e lançado ao fogo, assim será na consumação do século. Mandará o Filho do Homem (Jesus) os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes - Mateus 13.40-42.

02. Semeando para o Espírito, isso também ceifará

O que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna - v.8b e Gálatas 5.16-17.

Semear para o Espírito é viver de modo digno, como Templo do Espírito Santo, dando liberdade para que Deus vá transformando o caráter e fique cada vez mais semelhante ao SENHOR Jesus.

O ser humano é semelhante a um campo, pois, toda a semente plantada na sua alma, brotará e reproduzirá outras exatamente iguais. Se ali for plantada somente a Palavra de Deus, ali reproduzirá a vontade de Deus e continuará influenciando outras pessoas que também serão reproduzidas conforme a vontade de Deus (João 15.16).

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito - Gálatas 5.22-25.

Quando morremos, o corpo é desfeito em pó, mas, o espírito, que é à imagem e semelhança de Deus, volta para Deus e se, durante a vida terrena, semeamos para Deus colheremos a vida eterna com Ele (João 3.16).

03. Semeando para as pessoas, isso também ceifará

É trabalhoso preparar o solo para que produza "BEM", exige um trabalho incansável, retirando tudo o que é nocivo à semente do bem. O "BEM" se manifesta pelo Fruto do Espírito (Gálatas 5.22-23).

Nunca realizaremos o "BEM", que agrada a Deus, pela força humana: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos - Zacarias 4.6.

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos. Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da fé - v.9-10.

Fazer o bem é ser "CABEÇA", ao passo que fazer o mal é ser "CAUDA": O SENHOR te porá por cabeça e não por cauda; e só estarás em cima e não debaixo, se obedeceres aos mandamentos do SENHOR, teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e cumprir - Deuteronômio 28.13.

Conclusão

A Lei da semeadura conduzirá, pelos seus resultados, o ser humano à vida eterna com Deus ou à condenação eterna, sem Deus.

Disse Jesus: Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a Sua voz (de Deus) e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo. Eu nada posso fazer de mim mesmo; na forma por que ouço, julgo. O meu juízo é justo, porque não procuro a minha própria vontade, e sim a daquele que me enviou - João 5.28-30.

Então, os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça - Mateus 13.43.

 Pr. Paulino Cordeiro - 18.05.2008 - noite

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Feminino

·Visão de Fé para a Esposa (Pr. Paulino Cordeiro)
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.030 segundos