CURA OU SALVAÇÃO? Lucas 17.11-19

| 13-05-2017

Dez leprosos de longe gritaram, dizendo: Jesus, Mestre, compadece-te de nós!

Todos receberam a cura tão desejada, ficaram limpos e purificados da terrível lepra, foram libertos daquela maldição que os afastava da vida comunitária.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de Mb 16.1). 

Por que, nove se acharam bons e merecedores da misericórdia de Deus e seguiram suas vidas, sem Jesus?

Por que, somente um quis demonstrar gratidão e seguir obedecendo ao Mestre Jesus?

Cura ou Salvação, ou ambas?

01. Muitos recebem a cura - v.12-14

Ao entrar numa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez leprosos, que ficaram de longe e lhe gritaram, dizendo: Jesus, Mestre, compadece-te de nós! - v.12-13.

Na hora do apuro todos vão ao encontro de Jesus e clamam pela sua misericórdia (v.13).

Ao vê-los, disse-lhes Jesus: Ide e mostrai-vos aos sacerdotes. Aconteceu que, indo eles, foram purificados - v.14.

No aperto, todos obedecem a Jesus e recebem as bênçãos, notem: Ide... Aconteceu que, indo eles, foram purificados. Neste evento fica bem claro que a misericórdia de Deus é para todos, mas é uma minoria que demonstra gratidão.

Não confunda, receber a misericórdia não significa que é amigo de Deus, a misericórdia é um gesto de amor do Maior para o menor, ao passo que a Salvação é uma demonstração de gratidão e humildade do menor para o Maior.

Como Pastor, tenho presenciado essa triste realidade, pois, muitas pessoas chegam arrebentadas nas Igrejas Locais, são tratadas, restauradas e libertas, alcançam prosperidade, mas de repente se rebelam contra tudo e contra todos e saem sem nem sequer dizerem um muito obrigado.

Estava tentando imaginar o que se passaria pela memória de alguém que experimentou as curas de Jesus, mas negou a Salvação e foi parar no inferno. Provavelmente diria assim: - Puxa vida, que tolo fui eu, estive tão pertinho, experimentei o amor de Deus, conheci Jesus e fui ingrato. - Agora, estou aqui no inferno, condenado ao sofrimento eterno, que dor! - Agora, apenas tenha a certeza de que é tarde demais para arrependimento!

Mesmo que não receba aquilo que você acha que tanto necessita, não espere até ir para o inferno, arrependa-se de todos os pecados e confesse ao SENHOR Jesus como teu Salvador (Romanos 10.9-10).

02. Poucos recebem a Salvação - v.15-19

Um dos dez, vendo que fora curado, voltou, dando glória a Deus em alta voz, e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, agradecendo-lhe; e este era samaritano. Então, Jesus lhe perguntou: Não eram dez os que foram curados? Onde estão os nove? Não houve, porventura, quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te e vai; a tua fé te salvou

Somente um dos DEZ que além de tudo era samaritano, considerado impuro e excluído do povo de Deus (a Igreja) por não ser judeu, mas vendo que fora curado, voltou, dando glória a Deus em alta voz, e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, agradecendo-lhe.

O samaritano representa o pecador arrependido, o verdadeiro Crente, com o coração cheio de gratidão a Deus. No aperto, todos obedecem a Jesus e recebem as bênçãos de Deus; notem: Ide... Aconteceu que, indo eles, foram purificados. Vemos que a cura foi motivada pela obediência deles e este evento deixa-nos uma grande lição: A misericórdia de Deus é para todos, porém, a Salvação é uma decisão pessoal que impulsiona o indivíduo a demonstrar gratidão pelas misericórdias.    

Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida (certeza do amor de Deus); e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre (certeza da Salvação) - Salmo 23.6.

Os outros nove não eram estrangeiros, eram judeus, os da Igreja, "se achavam" merecedores e justos; o que fizeram?  Negaram ao SENHOR Jesus. Jesus fez exatamente o que a Lei mandava, para testar sua obediência, encaminhando-os para que os sacerdotes examinassem-nos, porém, só um desenvolveu gratidão pela cura e foi Salvo.  

Aos arrependidos e gratos, além de curar, Jesus diz: Levanta-te e vai; a tua fé te salvou.          

Conclusão

Cura ou Salvação?

A Misericórdia de Deus, com certeza, você já experimentou muitas vezes, mas, você tem sido grato o suficiente para continuar obedecendo a todas as ordens do SENHOR Jesus?

Nunca queira ser um dos nove, pois, este é o caminho da autossuficiência que conduz a perdição eterna. Apesar dos erros e pecados, arrependa-se e esteja sempre voltando ao SENHOR Jesus, com gratidão e dando Glória a Deus em alta voz.

Cura ou Salvação?

Não posso decidir por você, mas rogo a Deus que a tua decisão seja, também, pela Salvação de Deus, em Jesus Cristo.

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 06.09.2009 e 29.04.2017.