UM PECADOR QUE SE ARREPENDE – Lucas 15.21-24

| 09-10-2015

Neste capítulo vemos uma serie de três parábolas cuidadosamente elaboradas para abrir o entendimento sobre "um pecador que se arrepende". Jesus toma um grande cuidado para que se perceba que o arrependimento de pecados é uma linda experiência pessoal com o Deus Criador.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de Mb 4.4).

O filho arrependido estava imundo, maltrapilho, pés sem sandálias, sem anel no dedo, faminto e o Pai ordena-lhe uma restauração completa: E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. ​O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; ​trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos, ​porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. E começaram a regozijar-se - Lucas 15.21-24.

Um pecador que se arrepende retorna para a casa do Pai e assume a posição de filho.  

01. Recebe roupa nova para seu corpo

Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o.

Uma pessoa poderá estar aparentemente linda aos olhos das pessoas, mas, se viver pecando a sua aparência será imunda diante de Deus. Quando um pecador se arrepende e confessa o pecado, aí acontece a justificação de Deus pelo sacrifício de Jesus, tira a roupa imunda do pecado e põe a melhor roupa, roupa nova. Quando um pecador se arrepende e confessa o pecado é revestido da justiça de Deus.

1ª João 1.8-9: Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.

02. Recebe um anel para sua mão

Através dos tempos o anel tem sido usado como símbolo de aliança espiritual para demonstrar autoridade, tanto no Reino de Deus como no reino das trevas.

Trazei depressa um anel para colocar no seu dedo.

O Pai ordena que imediatamente seja posto um anel no dedo do filho arrependido; esta atitude representa a restauração da aliança com o filho e restituição da autoridade. Aquele filho que estava maltrapilho já não é mais um perdido, nem um escravo do pecado, é um príncipe com Deus.

O anel colocado no dedo do filho arrependido significa que volta a receber o favor paterno e o poder que tinha antes.

Arrependimento e confissão é o único meio para se obter o favor de Deus e ter autoridade espiritual.

Este anel fala de aliança superior, fala da restauração do poder do Espírito Santo que dá autoridade ao Crente (Atos 1.8).

03. Recebe sandálias para os pés

Trazei depressa sandálias para calçar seus pés.

Os escravos andavam de pés no chão, os livre andavam de sandálias nos pés. Colocar sandálias nos pés representa restauração da liberdade, para andar conforme a Palavra e confiar na pregação do evangelho.

Efésios 6.15 - Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz.

Isaías 52.7 - Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!

Você já recebeu sandálias para os pés?         

04. Participa de uma nova alegria - festa

Quando um pecador se arrepende é motivo para comemorar, há festa no Céu: E, indo para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida. Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento - Lucas 15.6-7.

Quando um pecador se arrepende o Pai ordena "comamos e alegremo-nos", Ele quer a restauração da alegria.

As pessoas que vivem sem pecados são felizes e sorridentes, como se diz: "se dão bem"; todavia, o contrário também é verdadeiro, aquelas que vivem com a consciência pesada são amargas e infelizes, "se dão mal".

Conclusão

Esta restauração ensinada por Jesus só acontece na vida de um pecador que se arrepende. O tratamento que o Pai dá ao filho arrependido coloca-o numa posição de restauração completa, Ele é gentil restituindo-lhe todas as condições para uma vida abundante e coloca-o num lugar de honra.

Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, ​e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, pela graça sois salvos, ​e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; ​para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza da sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus. ​Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus - Efésios 2.4-8.

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 04.10.2015 - Manhã.