PESSOAS QUE SE APROXIMAM DE JESUS – Lucas 23.26-43

| 27-05-2014

Quando Jesus caminhava, como Cordeiro Manso e Imaculado, para o altar de sacrifícios (calvário), muitas pessoas se aproximaram dEle pelos mais estranhos motivos.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 6.3mb).

A maioria das pessoas esperava uma grande demonstração de Poder da parte de Jesus. Outros apenas queriam vingança e sofrimento, zombando e divertindo-se cruelmente. 
      Hoje não é muito diferente, multidões se aproximam de Jesus por motivos bem semelhantes.
Com entendimento podemos qualificar as pessoas que se aproximam de Jesus.

01.   Por constrangimento

        V. 26 E, como o conduzissem, constrangendo um cireneu, chamado Simão (de Cirene costa Norte da África), que vinha do campo, puseram-lhe a cruz sobre os ombros, para que a levasse após Jesus.
Assim como o cireneu, muitas pessoas vão à Igreja constrangidas por outros indivíduos e isto lhes pesa tanto como se fosse o madeiro da cruz de Cristo.
      2ª Coríntios 5.14-15: Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.
      Quando somos constrangidos pelo amor de Cristo encontramos prazer nas coisas de Deus.

02.      Por curiosidade, a multidão

V.27a: Seguia-O numerosa multidão de povo...
A multidão é formada pelos curiosos que são os caçadores de sinais e maravilhas.

03.      Por solidariedade, as choradeiras – 27b-31

São os simpatizantes do Reino, acham que ser Crente é legal, Jesus não deseja solidariedade, nem simpatizantes, quer conversão!
     V. 27b. - Seguia-O...também mulheres que batiam no peito e O lamentavam.
     Os judeus, especialmente as choradeiras sentiam-se na obrigação de chorarem pelos condenados à morte.
     V. 28 - Porém Jesus, voltando-se para elas, disse: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai, antes, por vós mesmas e por vossos filhos!
     - Não choreis por mim: Jesus não quer solidariedade, quer      conversão. Não quer emocionalismo, quer mudança de vida.
     V. 29-30 - Porque dias virão em que se dirá: Bem-aventuradas as estéreis, que não geraram, nem amamentaram. Nesses dias, dirão aos montes: Caí sobre nós! E aos outeiros: Cobri-nos!
    - É uma profecia de Jesus quanto à destruição de Jerusalém (Lc 13.34-35; 19.41-44; 21.21-24) e ao julgamento do mundo na Sua segunda vinda (Ap 6.14-16)
     V. 31 - Porque, se em lenho verde fazem isto, que será no lenho seco?
     Trata-se de um provérbio judaico: lenho verde é frutífero, lenho seco só serve para ser queimado. Se estavam maltratando tanto a Jesus (lenho verde = frutífero) muito maior seria a vingança de Deus sobre os judeus (lenho seco = infrutíferos).
     - Se os Crentes sofrem, imaginem o juízo que virá sobre os incrédulos, aqueles que negam a Jesus.
Como você tem se aproximado de Jesus?       

04.    Por serem malfeitores condenados

V. 32-33 - E também eram levados outros dois, que eram malfeitores, para serem executados com ele. Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali o crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita, outro à esquerda.
      V. 39-43 - Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ELE, dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também. Respondendo-lhe, porém, o outro, repreendeu-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença? Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu Reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.
       Os malfeitores e condenados igualam-se a Jesus na cruz, não há como fugir da presença de Jesus; uns continuam zombando de Jesus outros reconhecem que o Justo sofreu pelo injusto.
       - Na cruz Jesus igualou-se ao pior dos criminosos e pecadores. Na cruz temos a purificação para todos os pecados.
       - Rm 6.23 - porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.
       - Na cruz um malfeitor confessou os seus pecados: 1ª João 1.8 a 2.2.
       - Na cruz Jesus se identifica com o pecador que O aceita e cumpre a promessa de vida eterna – João 3.16.

05.    Para julgá-LO e zombarem

As pessoas, muitas vezes, pedem sinais absurdos por não saberem esperar o sinal certo no tempo certo.
      Autoridades v.35: O povo estava ali e a tudo observava. Também as autoridades zombavam e diziam: Salvou os outros; a si mesmo se salve, se é, de fato, o Cristo de Deus, o escolhido.
Aquelas autoridades pensavam que Jesus desceria da cruz para provar ser o Filho de Deus.
      Os soldados v.36-37: Igualmente os soldados o escarneciam e, aproximando-se, trouxeram-lhe vinagre, dizendo: Se tu és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo.
       Um dos malfeitores v. 38-39: Também sobre ele estava esta epígrafe em letras gregas, romanas e hebraicas: ESTE É O REI DOS JUDEUS. Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ele, dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também.
       - Todos já tinham ouvido a verdade da boca do próprio Jesus, nunca precisou provar nada, a prova prometida foi a ressurreição que logo aconteceu: Mateus 27.63 - No dia seguinte (sábado), que é o dia depois da preparação (6ª = preparação), reuniram-se os principais sacerdotes e os fariseus e, dirigindo-se a Pilatos, disseram-lhe: Senhor, lembramo-nos de que aquele embusteiro, enquanto vivia, disse: Depois de três dias ressuscitarei.
      Os zombadores têm memória: Lembramo-nos de que Jesus, aquele embusteiro, anunciou a sua ressurreição!
Conclusão
      Refletimos sobre as atitudes das pessoas que se aproximam de Jesus, agora vejamos as atitudes de Jesus para com os que se aproximam Dele:
      V.34 Para com os ignorantes incrédulos: Pai perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.
- Atos 17.30-31 - Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam...
      V.43 Para com o pecador que crê: ...hoje estarás comigo no Paraíso/Céu
      - Ap 14.13. ... Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor.
       Como você tem se aproximado de Jesus?        
       Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.
      Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 25.05.2014 – Noite.