ÚLTIMOS ENSINOS DE JESUS – Lucas 22.1-38

| 29-04-2014

Neste texto, aparentemente vemos fatos históricos, mas, na verdade, Jesus deixa registrado os Seus últimos ensinos.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 6.7mb).

 

No dia-a-dia olhamos para os animais e vemos que eles têm um sistema de vida perfeita, sabem tudo o que devem fazer e tudo é feito com precisão. Isto porque Deus os criou perfeitos e irracionais, mas nós fomos criados inteligentes, com capacidade de escolha. Esta condição de ser inteligente tanto pode levar o homem por bons caminhos ou por maus caminhos, depende da escolha. Por isto que Jesus viveu até o seu último momento na cruz deixando ensinos vitais.

01. Que pessoas rebeldes e traiçoeiras são tomadas para o serviço de satanás - Lucas 22.1-6

Vemos que tudo ia muito bem para se cumprirem as profecias, estava próximo o dia da redenção (dia da Páscoa), Jesus estava ciente que precisaria morrer, em obediência ao Pai, para implantar o tempo da Graça.  Jesus ouvia a fúria de satanás, mas ouvia cantos de vitória e via as multidões dos redimidos no seu precioso sangue.

V. 2 - o inferno se alvoroça, o povo que se dizia ser de Deus estava contra Deus - Jo 1.11 - Jesus veio para o que era Seu, e os Seus não O receberam.

V. 3 - Notamos que satanás desde sua derrota no deserto, Lucas 4.1-14, manifestou-se como o inimigo incansável, finalmente conseguiu entrar (satanás entrou) num discípulo de Jesus. Judas era avarento, rebelde e traiçoeiro, cobiçoso e decepcionado (queria Jesus no trono de Israel ou como Redentor?).

V.3-4 - Note bem: satanás entrou em Judas... Este foi entender-se com as autoridades de Israel.

Quem foi entender-se com as autoridades espirituais de Israel, satanás ou Judas?

satanás necessita de um corpo rebelde para fazer o seu trabalho sujo.

V.5 - Uma reunião infernal, demônios e homens: então, eles se alegraram e combinaram em lhe dar dinheiro.

V.6 - Judas concordou e buscava uma boa ocasião de lho entregar sem tumulto.

Judas estava vivendo no pecado, por isto satanás entrou nele para fazer o serviço traiçoeiro e bem planejado.         

02. Que satanás não tem poder para impedir os planos de Deus - V.7- 34.

Vemos que a vontade de Deus é soberana, satanás não tem poder para impedir a Sua obra. Na vida do rebelde entra satanás (v3), mas na vida do obediente entra o Espírito Santo de Deus (Lc 4.1 cheio).

V.7-13 - Chegou o dia da Nova Aliança (satanás não tem poder para impedir)... Era uma festa muito importante, os judeus vinham de todas as partes... Este foi o dia escolhido por Deus para cumprir a Sua promessa Salvadora em Cristo Jesus.

V.12-13 - satanás não tem poder, tudo acontece conforme a direção de Deus Pai na comunhão de Jesus: Ele vos mostrará um espaçoso cenáculo mobilado; ali fazei os preparativos. E, indo, tudo encontraram como Jesus lhes dissera e prepararam a Páscoa.

V.14-18 - Chegada a hora da Nova Aliança (satanás não tem poder para impedir)... Esta foi a hora escolhida, na soberania de Deus, para que na mesa da santa tradição da Velha Aliança Jesus se apresentasse como o Cordeiro Puro e Perfeito para o sacrifício da Nova Aliança.

V.19 - Orou, partiu o pão (satanás não tem poder para impedir): isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim.

Era chegada a hora do sacrifício não ser com derramamento de sangue de cordeiros, mas, derramando o sangue do próprio Jesus. 

Desde a saída do Egito a Páscoa era celebrada com um cordeiro sacrificado e servido para a família. A fé era avivada pela comunhão na carne de cordeiro, mas a partir daquela hora seria a própria carne de Cristo, representada pelo Pão asmo.

V. 20 - Orou, tomou o cálice (satanás não tem poder para impedir): Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.

Desde a saída do Egito o sangue de cordeiros era oferecido a Deus como livramento da morte e do pecado. Agora, era chagada a hora de ser derramado o sangue do Filho de Deus, como NOVA ALIANÇA, para livramento do pecado e da morte.

Na mesa da Velha Aliança onde era celebrada a Páscoa com o derramamento do sangue de um cordeiro inocente, ali naquela mesma mesa Jesus oferece a sua carne e o seu sangue inaugurando a Nova Aliança, o Tempo da Graça. O ritual continua o mesmo, apenas mudou de um animal inocente pelo Inocente Filho de Deus.

V.21-23 - satanás havia entrado em Judas (v. 3). Judas estava possesso de satanás na mesa com Jesus e seus discípulos, mas não tem poder para impedir aquele momento. Era necessário que assim acontecesse para se cumprir à Nova Aliança.

V.24-30 - Judas havia quebrado a unidade, o diabo tentou armar uma grande confusão lançando vaidade e orgulho no coração dos discípulos. Jesus sabiamente adverte: é tempo de servir e se humilhar, depois virá a exaltação v.30 (1ª Pe 5.8).

V.31-34 - Pedro é avisado da sua fraqueza (ele ainda não tinha entendido que as coisas de Deus são pelo Espírito - Zc 4.6).  satanás vos reclamou... Roguei por ti... Quando te converteres... 

V.35-38 - Jesus está querendo dizer que a partir da sua morte a guerra ficaria declarada. A espada é mais importante que a capa; a defesa do Reino é mais importante do que bens materiais, ou seja, guerrear pelo sobrenatural é mais importante do que obter bens.

V.37 - Pois vos digo que importa que se cumpra em MIM o que está escrito: Ele foi contado com os malfeitores. Porque o que a MIM se refere está sendo cumprido (Isaías 53.12 - Por isso, Eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores; contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu.).

Satanás não tem poder para impedir os planos de Deus, mas você pode impedir se escolher a perdição: Efésios 1.4-5 - ...Em amor nos predestinou para ELE, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade.

Conclusão

Os rebeldes permitem que satanás entre na sua vida para realizar as obras das trevas. O maligno precisa de um corpo humano para realizar o seu trabalho sujo. As obras das trevas são gerenciadas por satanás e sua finalidade é levar vidas para o inferno.

As obras de Deus são salvadoras em Cristo Jesus, livrando o homem do pecado e da morte. Quando nós estamos em obediência a Deus, satanás não tem poder para impedir os planos de Deus.

Se seguirmos o exemplo da obediência de Jesus, com certeza absoluta estaremos na vida eterna com o Pai. Vemos que satanás de muitas maneiras tentou a Jesus e seus discípulos, mas foi derrotado pela obediência a Deus.

Disse Jesus: v.37 - Pois vos digo que importa que se cumpra em MIM o que está escrito: Ele foi contado com os malfeitores. Porque o que a MIM se refere está sendo cumprido.

Repita comigo:

Necessário é que se cumpra em mim a vontade de Deus!

O que a mim se refere está sendo cumprido?     

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 27.04.2014 - Noite.