REFLEXÃO SOBRE O CARÁTER – Lucas 10.25-37

| 19-07-2010

De modo simples, podemos dizer que caráter é um conjunto de qualidades ou defeitos morais, inerentes ao ser humano, resultando num comportamento adequado ou inadequado ao meio em que vive.

 (Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 5.38Mb)


O povo de Israel havia se desviado das Leis Divinas, estava apresentando falhas de caráter, tanto espiritual como ético e moral; é neste contexto que Jesus prega sobre o verdadeiro amor a Deus e ao próximo (Lucas 10.25-29). 

Dado a gravidade da situação é que Jesus passa a fazer uso da Parábola do Samaritano, visando abrir o entendimento daquele interprete (escriba, doutor) da Lei.

01. Dos salteadores - v. 30

A estrada de Jerusalém para Jericó, segundo o historiador Gerônimo, era chamada de "caminho sanguinário", dado o grande número de crimes ali praticados, especialmente por beduínos sanguinários.

Jesus sempre falava por parábolas, de algo muito conhecido, para que as pessoas entendessem realidades espirituais. Na verdade, os grandes líderes espirituais do povo de Israel haviam se transformado em salteadores, negando os maiores Mandamentos de Deus (Lucas 10.27).

O povo de Israel, especialmente seus líderes, estava desviado da Aliança firmada no deserto (Mandamentos); já vinham sendo acusados sobre esta grave falha e o profeta Oséias fala da parte de Deus sobre a falta de amor e a rebeldia, chama os sacerdotes/pastores de salteadores (Oséias 6.1-11).

A situação era crítica, um povo de mau caráter, mas, Deus é fiel justo, anuncia uma Nova Aliança (Jeremias 31.31-33) e Jesus veio para estabelecer esta Nova Aliança (Lucas 22.20).

Jesus veio para estabelecer uma nova ordem: Dizendo-lhes (aos líderes religiosos): Está escrito: A minha casa será casa de oração. Mas vós a transformastes em covil de salteadores.

Quem são os salteadores?

02. Dos falsos religiosos - v. 31-32

Tanto o sacerdote como o levita, provavelmente tinham como desculpa o risco de contaminarem-se e de chegarem atrasados para o serviço no Templo. Mas, e a Lei do amor a Deus e ao próximo que, ao negar socorro, foi quebrada?

Os líderes religiosos odiaram ao SENHOR Jesus, porque Ele tocava no mau caráter deles, o ponto mais doido da ferida: Diariamente, Jesus ensinava no templo; mas os principais sacerdotes, os escribas e os maiorais do povo procuravam eliminá-LO - Lucas 19.47.

Os falsos religiosos são terríveis lobos vestidos de cordeiros: Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores - Mateus 7.15. 

Os salteadores da estrada para Jericó provavelmente não eram israelitas, porém vemos que a intenção de Jesus era mostrar para aquele interprete da Lei que os líderes espirituais eram salteadores ainda piores.

O sacerdote e o levita representam uma liderança de mau caráter, que não se preocupa com a salvação do próximo, pelo contrário, se identificam com os salteadores, pois são exploradores do povo. 

03. Do Samaritano - v. 33-35

Eis um verdadeiro Crente. Por que será que, nesta parábola, Jesus usa a figura do rejeitado e excluído samaritano como o homem espiritualmente correto?

"Certo samaritano" que não tinha nome nem cargo, porém notamos que o maior destaque está no seu caráter ético e moral para com Deus e para com o próximo. Em relação a Deus, obedeceu ao Mandamento do amor; referente ao próximo compadeceu-se dele, curou as feridas, investiu tempo e dinheiro para o seu bem estar.

O interprete conhecia a Lei de Deus e ficou só no conhecimento, entretanto o samaritano, ante a oportunidade, a colocou em pratica.

Deseja ser lembrado como a pessoa espiritualmente correta? Pratique tudo o que Deus manda!

Mas aquele que considera, atentamente, na Lei Perfeita, Lei da Liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar. Se alguém supõe ser religioso, deixando de refrear a língua, antes, enganando o próprio coração, a sua religião é vã - Tiago 1.25-26.

 

Conclusão:

Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.

Todos eram Israelitas, portanto, conforme a Lei, todos eram irmãos na fé e devedores do mesmo amor, independente das circunstâncias. Como conhecedor da Lei, o interprete prontamente respondeu que o verdadeiro Israelita tinha sido o samaritano. Somente o desconhecido samaritano vivia o verdadeiro amor, portanto tinha o Espírito Santo de Deus (Gálatas 5.22-23).

Na verdade a Nação de Israel estava infestada de salteadores e falsos religiosos que exploravam e "tiravam a pele" de um povo já sofrido. 

Jesus veio para acabar com esta imoralidade, porém como sempre, a aniquilação das imoralidades começa no interior de cada ser humano, ou seja, isto depende de uma decisão pessoal. Por esta razão é que Ele ordenou: Vai e procede tu de igual modo.

Mudanças continuarão acontecendo se pessoas continuarem se convertendo (Romanos 10.9-10).

Conheça a Lei de Deus, obedeça e seja feliz!

Se você citar a nossa autoria (Pr. Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 18.07.2010 - noite.