PRINCIPE DA PAZ - ISAÍAS 9.1-7

Pr. Paulino Cordeiro | 23-12-2009

Estarei me esforçando para, em poucas palavras, revelar a vocês o verdadeiro Jesus, Salvador de todo aquele que NELE crê.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 4.29Mb)

Não vou falar de um bebezinho numa manjedoura ou nos braços de uma mulher, mas vou falar do Príncipe da Paz, do Maravilhoso Conselheiro, do Rei que é Deus Forte e Pai da Eternidade. Vou falar do Jesus Cristo que venceu a morte e tem poder para transformar nossas vidas.

01. Libertador do império das trevas (Cl 1.13-14)

Mas para a terra que estava aflita não continuará a obscuridade. Deus, nos primeiros tempos, tornou desprezível a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas, nos últimos, tornará glorioso o caminho do mar (desde o Mar Mediterrâneo até ao Leste do Rio Jordão que é a Galiléia), além do Jordão, Galiléia dos gentios. O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz.

Aquele povo da Galiléia, sem esperança, vivia na aflição, dominado pelo império das trevas, mas para lá Deus enviou Jesus que resplandeceu como grande luz.

Galiléia dos gentios representa o mundo sem Deus e sem salvação, mas Jesus veio para libertar todos os oprimidos do diabo (Lucas 4.18;  Atos 10.38)  para que todos vejam a grande luz de Jesus.

02. Doador da alegria (Isaías 35.10)

 Tens multiplicado este povo, a alegria lhe aumentaste; alegram-se eles diante de Ti, como se alegram na ceifa e como exultam quando repartem os despojos. Porque tu quebraste o jugo (as correntes de escravos) que pesava sobre eles, a vara que lhes feria os ombros e o cetro (domínio, reinado, governo) do seu opressor, como no dia dos midianitas; porque toda bota com que anda o guerreiro no tumulto da batalha e toda veste revolvida em sangue serão queimadas, servirão de pasto ao fogo (toda a armadura do inimigo será queimada).

Quando Jesus nos liberta tudo muda e passamos viver alegres e confiantes na presença de Deus.

Assim também agora vós tendes tristeza; mas outra vez vos verei; o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém poderá tirar - João 16.22.

 03. Estabeleceu um Reino de Paz e Justiça

Não é um Reino aparente, existirá no coração de quem aceitar o governo do Príncipe da Paz - Lucas 17.20-21.

É um Reino de justiça e paz e alegria - Rm 14.17-19, 1ª Coríntios 6.9-10.

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz; para que se aumente o seu governo, e venha paz sem fim sobre o trono de Davi (Jesus é da Raiz de Jessé pai de Davi - Isaías 11.1e10 = Rm 15.12-13) e sobre o seu reino, para estabelecê-lo e o firmar mediante o juízo e a justiça, desde agora e para sempre. O zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto.

Jesus é da linhagem de Davi e todos os reis que vieram depois dele foram chamados de Filhos de Davi; é por esta razão que Jesus era chamado Filho de Davi (Mateus 9.27; 12.23; 15.22; 21.9). E Jesus o Filho de Davi assentou-se no Trono Celestial, como Deus Forte e Rei Eterno, desde agora e para sempre.

Conclusão

O Reinado de Jesus, como nosso Salvador, iniciou-se há dois mil anos atrás e, desde então, o império das trevas tem feito de tudo para embaçar a Luz de Cristo.

É tão claro o Reinado e a Majestade de Jesus aos seus filhos quanto o sol o é para toda a criação. Então, por que permitir que as trevas embacem a Verdadeira Luz?

Veja um pouquinho do que acontece nesta festa comercial chamada natal, propagando um falso aniversário de Jesus; confirme tudo na Bíblia e nos registros históricos e verá que estou certo:

a) Você nunca encontrará na Bíblia qualquer referencia a data de nascimento de Jesus ou festejá-la, apenas encontrará a ordenança da comunhão, através da Santa Ceia, que festeja a sua morte e ressurreição até que Ele volte para o Juízo Final - 1ª Co 11.20-33.

b) O dia 25 de dezembro é o dia da festa ao deus Sol Invictus, celebrado com velas acesas e uma abominável orgia à meia noite - pesquise!

c) A árvore, usada como enfeite, é símbolo de um deus pagão (Jeremias 10.1-5), ornamentada com bolas douradas ou brancas simbolizando o Sol. No topo da árvore vai um pentagrama, que foi apelidado de estrela (estrela não tem bicos), mas é um símbolo usado por bruxos, feiticeiros e seitas demoníacas...

Ouça no áudio a lenda de Nimrode e sua mãe Semiramis... a deusa mãe com um menino no braço. Será que não é uma trama diabólica visando desviar o foco para a idolatria, visando levar as pessoas a idolatrarem a uma falsa Maria e a um falso Jesus? O Nosso Jesus não é um bebê de colo, é o Deus Forte, Maravilhoso Conselheiro, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz.

d) Velas, símbolo tradicional do Natal, é uma velha tradição pagã, pois se acendiam ao por do sol para reanimar ao deus sol, quando este se extinguia para dar lugar à noite (João 8.12).

e) Guirlanda vem do paganismo desde antes de Cristo e usada como símbolo de escárnio do Senhor Jesus - Marcos 15.17

f) Papai noel: Velhinho de barba branca que se disfarça para parecer bondoso! satanás também se disfarça para enganar se possível os salvos! (2 Co 13.14; Apo. 12.9; Mt 24.24)

- Os pais mentem para s crianças que o papai noel sabe tudo, pode dar presentes para todos e pode estar em todos os lugares. Através da mentira ele diz ter os mesmos atributos de Deus; sera que Deus concordaria com tais mentiras?

- Os pais castigam os filhos quando mentem, entretanto mentem descaradamente com as estórias de papai noel - isto não é cruel?

- Você percebe a armação, para que muitos se tornem filhos do diabo? Ele é pai da mentira (João 8.44).

- Até seu nome é uma fraude, papai noel... que papai? No sentido espiritual temos Deus como nosso único Papai; então, ele quer tomar o lugar de Deus Pai?

Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará - João 8.31-32

Então, este natal honra a Cristo, o Príncipe da Paz, ou aos deuses pagãos?

Natal, à luz da Bíblia e da história, é uma comemoração Cristã ou pagã????

Jesus fala de lobos vestidos de cordeiros (Mateus 7.15); parecem cordeiros, mas continuam sendo lobos e inimigos dos cordeiros; assim acontece com a festa de natal que parece uma festa Cristã, mas continua sendo uma antiga festa pagã.

A única celebração a ser realizada pelos Verdadeiros Crentes, em memória e honra ao Príncipe da Paz, é a Ceia do SENHOR (Lucas 22.19-20)

Que o Espírito Santo de Deus ilumine a cada um de nós para que sejamos totalmente libertos do império das trevas; possamos receber o doador da alegria, o Príncipe da Paz, o Deus Forte e que o Reino de Deus e sua Justiça sejam estabelecidos nas nossas vidas. Amém!!!

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 20.12.2009 -noite.