EU SOU – João 15.1-10

| 09-11-2009

Todos os "EU SOU" pronunciados por Jesus indicam uma condição de vida e um princípio de autoridade que regulam o Reino de Deus.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 3.87Mb)

Quando Jesus, conforme João 8.28, 58 e 13.19, usa a mesma expressão de Êxodo 3.14, EU SOU (YHWH), está trazendo à luz da verdade os atributos do próprio Deus Pai que LHE conferem eternidade e autoridade para conceder vida abundante e produtividade aos verdadeiros Crentes.

01. Eu Sou a Videira Verdadeira

Quando Ele afirma dizendo EU SOU a Videira verdadeira, deixa claro que existem videiras falsas.

A videira Israel, como nação, perdeu a condição de videira verdadeira (Isaías 5.1-7).

A videira da terra, que é falsa e é formada por todos os incrédulos (Ap. 14.17-20).

A Videira Verdadeira, que é o SENHOR Jesus Cristo, sustenta a todo o verdadeiro Crente aqui na terra e para a eternidade (João 15.5).

O cultivo de parreirais ou vinhas era uma das principais atividades econômicas de Israel. É neste contexto que Jesus aplica o ensino da vida frutífera, Ele pregava no Templo e ali havia como decoração uma lindíssima videira de ouro. Jesus sempre ensina através de exemplos bem conhecidos para que todos compreendam.

A videira de ouro, vista por todos, mesmo sendo lindíssima e valorosa, ainda era falsa e improdutiva, não tinha vida em si mesma, assim acontece com a nação de Israel e com todos os incrédulos.        

Cuidado, existem videiras falsas, ou seja, existem falsos cristos que prometem vida, entretanto, são canais de morte. 

02. Eu Sou o Agricultor (Viticultor)

Agora, no Tempo da Graça, Jesus é a Videira Verdadeira e o próprio Deus Pai é o Agricultor (João 15.1-2).

Disse Deus ao povo do Israel antigo: Eu mesmo te plantei como vide excelente, da semente mais pura; como, pois, te tornaste para Mim uma planta degenerada, como de vide brava? - Jeremias 2.21.

O agricultor tem por tarefa cuidar das videiras ou parreiras, é ele quem planta e poda os ramos para que possam produzir mais frutos. Ele poda todo o ramo que dá fruto, para produzir mais fruto (João 15.2) e se o ramo permanecer bem ligado na videira vai sendo podado até que dê muito fruto (João 15.5). O viticultor remove tudo o que não presta e impede a frutificação; como pequenas partes mortas e até aqueles cachos sem qualidade. Será excluido da Videira o ramo inútil.

Se alguém não permanecer em Mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam - v.6.

A poda é um trabalho que exige muita sabedoria e conhecimento do agricultor. Se o agricultor não souber podar pode danificar uma colheita inteira. Um bom podador passa por um treinamento equivalente ao tempo de um curso superior, pois, exige perfeição para não prejudicar a frutificação.

A videira, com seus ramos, rendem-se ao agricultor porque sabem que a alegria dele será a sua alegria e vice-versa. Assim, devemos conduzir a nossa vida rendida ao SENHOR para que Ele pode todas as nossas imperfeições.

Você tem percebido Deus agir na tua vida, como o agricultor, para podar as imperfeições?

 03. Eu sou o Ramo

Os ramos, sem o tronco são inúteis, servindo apenas para serem queimados (Jo 15-6). O ramo não tem vida própria, sua fonte de vida está na videira.

Os ramos e a videira são muito íntimos, representam a nossa comunhão com Jesus. O ramo será frutífero se permanecer bem ligado ao tronco da videira. A videira lança raízes profundas e busca todos os nutrientes necessários para que seus ramos sejam frutíferos.

Ser um ramo frutífero significa mantermos comunhão com Cristo, através da Palavra e da Igreja, de maneira que o Espírito Santo de Deus tenha total liberdade para moldar a nossa vida.

Sou um ramo frutífero?

O Crente somente será frutífero quando tiver prazer nas coisas de Deus e muitas vezes sentir dor ao ser podado (João 15.2). Os ramos sempre produzem cachos de uva atrofiados (falsos e inúteis) que devem ser podados, sendo que na vida do Crente esta poda acontece através da Palavra e da Santa Comunhão.

Eu estou verdadeiramente ligado ao SENHOR Jesus e Sua Igreja?

Eu sou um ramo da Videira Verdadeira, ou apenas acho que sou?

Conclusão

Se alguém não permanecer em Mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam. Se permanecerdes em Mim, e as minhas Palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos. Como o Pai me amou, também Eu vos amei; permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também Eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço - João 15.6-10.

O maior presente é permanecermos em Jesus e Jesus em nós.

O maior castigo é optar pela ausência de Deus na sua vida, ou seja, não obedecer aos mandamentos.

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada -08.11.2009 -noite.