MESSIAS PROMETIDO – Isaías 9.1-7

| 13-07-2009

O Profeta Isaías, setecentos anos antes de Cristo, profetiza um futuro brilhante, a provisão libertadora é anunciada e somente os fiéis serão beneficiados (Isaías 8.19).

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 3.78Mb).

Jesus foi gerado pelo poder do Espírito Santo e criado em Nazaré, uma aldeia pertencente à Zebulom, na Galiléia. Estas cidades, Zebulom e Naftali, eram desprezíveis, miseráveis e no tempo do SENHOR Jesus eram chamadas de Galiléia dos Gentios (Mateus 4.15).

Foi nesse contexto que Deus enviou o Seu Filho amado como o Ungido prometido.

01. É grande Luz - v.1-3

Mas para a terra que estava aflita não continuará a obscuridade. Deus, nos primeiros tempos, tornou desprezível a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas, nos últimos, tornará glorioso o caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios.

Ouvindo, porém, Jesus que João fora preso, retirou-se para a Galiléia; e, deixando Nazaré, foi morar em Cafarnaum, situada à beira-mar, nos confins de Zebulom e Naftali; para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías: Terra de Zebulom, terra de Naftali, caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios!  O povo que jazia em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte resplandeceu-lhes a luz. Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus - Mateus 4.12-17.

Até a vinda de Jesus a nação de Israel sentia-se como que "proprietária" de Deus, mas Jesus veio como Grande Luz e abriu as fronteiras, concedendo a todos os estrangeiros (gentios) livre acesso ao Deus de Israel. Hoje a Israel espiritual é formada por todos os redimidos no Sangue do Messias Prometido.

Cumprindo a profecia dos versículos 2-3, temos visto que a Grande Luz tem alcançado muitas pessoas que vivem na região da sombra da morte. Deus tem aumentado este povo liberto das trevas e, também, sua alegria multiplicada (v.3).

02. Quebrou o jugo do inimigo - v.4-5

A promessa de Deus é que Jesus estabeleceu um novo tempo de libertação e livramento das mãos do inimigo opressor, quebrando o jugo escravagista, quebrando a sua vara que fere os lombos e o seu poder de domínio  cruel e explorador. Com isto inaugurou-se o governo universal do SENHOR Jesus, com um jugo de amor.

Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim, porque Sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o Meu jugo é suave, e o Meu fardo é leve - Mateus 11.29-30.

Em Jesus temos uma nova proposta de vida: Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão - Gálatas 5.1.

03. Tem o governo - v.6-7

Porque um menino nos nasceu, um Filho se nos deu; o governo está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz; para que se aumente o Seu governo, e venha paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o Seu Reino, para o estabelecer e o firmar mediante o juízo e a justiça, desde agora e para sempre. O zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto.

Na sua vida terrena teve autoridade sobre tudo e sobre todos, "o governo está sobre os Seus ombros": Nasceu de mulher, mas foi gerado pelo poder do Espírito Santo de Deus; Acalmou tempestades; transformou água em vinho; quebrou um princípio básico da economia (a lei dos rendimentos decrescentes = cateris paribus) ao alimentar 5000 pessoas com dois peixes e 5 pães; curou os doentes e os cegos sem aplicar-lhes remédios; exerceu autoridade contra a morte, ressuscitou ao amigo Lazaro; rompeu com a teoria da história, Ele é O Alfa e O Omega; principio e O fim; é o Sumo Sacerdote ser da linhagem de sacerdotes; nos direitos civis Ele provou que não era da terra e tinha um Pai sobrenatural e foi chamado de Filho de Deus Pai, Príncipe da Paz; aos religiosos Ele provou que ninguém chega ao Pai se não for através Dele; Jesus não tinha servos, mas O chamavam de SENHOR; Não tinha diplomas, mas foi Mestre; Não cursou medicina, mas foi o Médico dos médicos; não teve exército, mas os reis O temiam; não fez guerras, mas conquistou o mundo; não cometeu crimes, mas morreu crucificado, derramando Seus em favor de muitos; foi enterrado em uma tumba, mas, Deus Pai O ressuscitou e vive; superou a lei da gravidade quando subiu ao céu e assentou-se à direita do Pai; tem as chaves da morte e do inferno (Ap.1.18-19).

O maior privilégio de um ser humano é ser amigo de Jesus, Aquele que disse: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século.

O governo de Jesus é "desde agora e para sempre", ou seja, é eterno. Ele ainda voltará como Justo Juiz, para julgar a todos e receber os Seus filhos e filhas no Governo Eterno, junto do Pai.

Jesus é o eterno governador soberano: Tem no seu manto e na sua coxa um nome inscrito: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES - Apocalipse 19.16.

Conclusão

Jesus, o Messias Prometido, veio para salvar os pecadores arrependidos. Você é um pecador arrependido?

Ele veio como Grande Luz que desfaz todos os poderes das trevas, veio para quebrar o jugo do inimigo opressor e para estabelecer o Seu Governo de Justiça e amor.

Você já é de Jesus?

Para ser de Jesus só tem um jeito: Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido Romanos 10.9-11.

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Família Abençoada -12.07.2009 -noite