UNIDADE NA VERDADE – João 17.20-21 (1-26)

Pr. Paulino Cordeiro | 23-10-2008

A Unidade na Verdade é libertadora, edifica, dá forças e impulsiona o ser humano para o bem (João 8.31-32).

O ser humano, com muitos erros e acertos, tem buscado a unidade em todos os segmentos de sua vida, até a chamada "globalização" tem sido uma tentativa de unidade, mas tudo tem falhado porque falta a Verdade Divina no comando.

Jesus, na Sua poderosa Oração de Intercessão, eleva Sua voz a Deus, com gratidão pelo tempo passado, com fé e humildade no momento presente; com a certeza de que no futuro, Ele e Sua Igreja, não ficarão desamparados.

Vemos que a base sustentadora de Jesus era a Sua unidade na Verdade, com Deus Pai e com os Seus discípulos.

1. Unidade dos Crentes - v.20-21a

Deus sempre quis ter o Seu Povo unido e obediente às Suas Leis. O Povo de Deus foi escravo no Egito, mas eram conhecidos pela sua unidade e fidelidade ao único Deus; andaram errantes pelo deserto, mas Deus habitava no meio deles; entraram na terra prometida e lá estava Deus com eles; ali passaram a cometer muitos erros e Deus mandou Seu próprio Filho para restaurar a unidade (João 3.16).

Agora Jesus intercede: Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua Palavra; a fim de que todos sejam um... para que o mundo creia que Tu Me enviaste.

A unidade dos Crentes tem um propósito: Para que o mundo creia que Jesus é o Salvador enviado por Deus.

E como andar em unidade? Só há um jeito, Cristo sendo o centro dos nossos interesses e obedecendo a Ele.

2. Unidade de Jesus com o Deus Pai - v.21b

Jesus viveu, como homem ungido de Deus, ensinando tudo a respeito da unidade com o Pai, pois certa vez afirmou: Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? - João 14.9.

... e como és Tu, ó Pai, em Mim e Eu em Ti, também sejam eles en nós; para que o mundo creia que Tu Me enviaste.

Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em Mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo. Tendo Jesus falado estas coisas, levantou os olhos ao céu e disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a Teu Filho, para que o Filho Te glorifique a Ti,   assim como Lhe conferiste autoridade sobre toda a carne, a fim de que Ele conceda a vida eterna a todos os que Lhe deste. E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que Me confiaste para fazer; e, agora, glorifica-Me, ó Pai, Contigo mesmo, com a glória que Eu tive junto de Ti, antes que houvesse mundo - João 16.33-17.5.

A unidade dos Crentes é para que as pessoas creiam que Deus enviou Seu Filho, Jesus, como Salvador do mundo.

3. Unidade dos Crentes com o Pai e com o Filho - v.21

A fim de que todos sejam um; e como és Tu, ó Pai, em Mim e Eu em Ti, também sejam eles em Nós; para que o mundo creia que Tu Me enviaste.

v.22- Na unidade manifesta-se a glória de Deus.

v.23- Na unidade os Crentes são aperfeiçoados para que o mundo conheça que Jesus é o Salvador enviado por Deus Pai.

v.24- Na unidade, ocuparemos nosso lugar, com o Pai e Jesus, no Céu. É na unidade que fazemos a vontade de Jesus.

v.25- Na unidade compreendemos a missão de Jesus.

v.26- Na unidade conhecemos a Deus e Seu amor permanece em nós.

Porque Jesus não citou o Espírito Santo? Ele está orando por pessoas convertidas e que virão a converterem-se, portanto, pessoas que são templos do Espírito Santo (Romanos 8.9; 1Corintios 3.16).

Conclusão                           

A Unidade na Verdade é vida abundante, é certeza de vitória, pois, temos a Palavra de Deus que separa-nos do mundo (v.14 e 16); somos guardados por Deus (v.15); santificados na Verdade (v.17); somos enviados ao mundo como mensageiros da Salvação (v.18, Marcos 16.15-16); temos o favor da santidade de Jesus para sermos santificados na verdade (v.19).

Que Deus tenha misericórdia de nós, Sua Igreja, e que multidões possam tomar posse desta oração intercessória de Jesus para estarmos eternamente com Deus Pai.

Pai santifica a Família Abençoada na Verdade, a Tua Palavra é a Verdade.

Pr. Paulino Cordeiro - 19.10.2008 - noite