SOMOS O BARRO - Isaías – 64.1-12

Pr. Paulino Cordeiro | 10-03-2008

Diante do Poderoso Deus irado, o Profeta Isaías vê que só tem uma saída, passa a confessar o pecado e a insignificância humana, exaltando ao único Deus Criador na figura do oleiro.

Mas agora, ó SENHOR, tu és nosso Pai, nós somos o barro, e tu, o nosso oleiro; e todos nós, obra das tuas mãos - Isaías 64.8

Deus é o Oleiro que sem o barro continua sendo Oleiro, mas o barro sem o oleiro continua sendo barro, nunca chegará a ser um utensílio. O ser humano que é rebelde a Deus nunca terá o seu caráter moldado para o serviço Cristão.

01.  Somos o barro

Barro é algo raro, de grande valor? Não, o barro não é precioso, é pisado pelos animais e até causa nojo ao ser humano.

O ser humano é feito do pó e ao pó voltará, então porque tanta vaidade e orgulho, qual é a nossa glória?

O barro por acaso, algum dia, chegará a ser um metal precioso? Não, mas nas mãos do Oleiro, poderá chegar a ser um precioso vaso, até bordado a ouro, nunca será de ouro (Pv 26-23).

Os objetos feitos de barro são frágeis e facilmente são quebrados e voam os cacos para todos os lados. Somos barro, todos os sonhos de Deus estão guardados em vasos de barro, mas quando estes vasos são transformados pelas Poderosas mãos do Oleiro Celestial adquirem resistência aos impactos da vida.

Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração - Tiago 4.7-8.

Somos o barro. A fragilidade do barro é a sua grande oportunidade, pois, só assim, o Oleiro poderá dar-lhe a forma desejada.

Quando o barro é muito ruim e não se sujeita à modelagem, o Oleiro vai quebrando, quebrando até alcançar a forma desejada. Muitas vezes o barro é tão ruim que o único jeito é lançá-lo de volta ao lamaçal. Sujeitai-vos a Deus, o Oleiro!!!

O barro não poderá resistir à autoridade criadora do Oleiro: Ai daquele que contende com o seu Criador! E não passa de um caco de barro entre outros cacos. Acaso, dirá o barro ao que lheforma: Que fazes? Ou: A tua obra não tem alça. Ai daquele que diz ao pai: Por que geras? E à mulher: Por que dás à luz?Assim diz o SENHOR, o Santo de Israel, aquele que o formou: Quereis, acaso, saber as coisas futuras? Quereis dar ordens acerca de meus filhos e acerca das obras de minhas mãos? Eu fiz a terra e criei nela o homem; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens- Isaías 45.9-12.

02.  Pai, Tu és o nosso oleiro

Mas agora, ó SENHOR, Tu és nosso Pai, nós somos o barro, e Tu, o nosso Oleiro; e todos nós, obra das Tuas mãos - Isaías - 64.8

Enquanto o ser humano estiver rebelde às Leis de Deus, não é filho de Deus, portanto continua sendo barro ruim que não aceita a forma que Deus quer lhe dar.

Você já ouviu esta expressão? Puxa, como aquela pessoa mudou depois que virou Crente! Aleluia, é o poderoso testemunho de transformação quando o barro humano é tocado pelas mãos de Deus, o Oleiro das vidas.

Não podemos esquecer de que para Deus ser o nosso Oleiro, precisamos sujeitarmo-nos às Suas mãos transformadoras. Sujeitai-vos a Deus!

O nosso Oleiro não aceita imperfeições, faz tudo novo: E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; {criatura; ou criação} as coisas antigas passaram; eis que se fizeram novas - 2 Coríntios 5:17.

Conclusão

O que somos nós?

Somos o barro!

Se desejarmos ser vasos úteis e transbordantes do Poder do Espírito Santo de Deus, precisamos tomar uma atitude determinante: deixemos de lado toda a rebeldia e sujeitemo-nos às mãos do único Deus que a todos pode transformar.

Você quer ser um vaso novo? Prepare-se, cacos voarão, doerá muito, mas virá a alegria da vida eterna, que já está preparada para nós por meio de Jesus, o nosso Salvador!

Contexto: Isaías 64.1-12

Texto base para o sermão: Isaías 64.9

Pr. Paulino Cordeiro - 09.03.2008 - noite.