ORAÇÃO FORTE - Ex 33.12-23

Pr. Paulino Cordeiro | 27-07-2007

Foi uma época difícil para Moisés. O povo era difícil de liderar. O Senhor chamou os filhos de Israel de "povo de dura cerviz", isto é, quem tem a coluna cervical dura não inclina a cabeça para frente, não se humilha, é o famoso "pescoço duro". Que Moisés podia fazer?

Ele fez a única coisa que todos os filhos de Deus devem fazer, suplicou pela Glória de Deus sobre ele e seu povo: Então ele (Moisés) disse: Rogo-Te que me mostres a Tua Glória - v.18.

Oração forte, por quê? Orar é declarar que nada podemos sem Deus, é curvar a cerviz e humilhar-se diante de Deus. A oração é forte porque o Espírito Santo intercede, caso contrário, nem é oração.

Estejamos aprendendo mais um pouco com a oração forte do irmão Moisés:

01. É feita com total dependência de Deus - v.12 e 15-17

 leva todas as suas dificuldades à presença de Deus: Disse Moisés ao SENHOR: Tu me dizes: Faze subir este povo, porém não me deste saber a quem hás de enviar comigo... Se a tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar. Pois como se há de saber que achamos graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Não é, porventura, em andares conosco, de maneira que somos separados, eu e o teu povo, de todos os povos da terra? Disse o SENHOR a Moisés: Farei também isto que disseste; porque achaste graça aos meus olhos, e eu te conheço pelo teu nome.

Para Moisés estava bem definido que seria tudo por Deus e nada sem Deus. Moisés aprendeu a colocar todas as suas necessidades na presença de Deus porque assim diz a Palavra: Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conheci­das, diante de Deus, as vossas petições; pela oração e pela súplica, com ações de graças - Fp. 4:6.

02. Demonstra um ardente desejo de conhecer e agradar a Deus - v.13

Conforme v.13, ele diz ao Senhor que deseja conhecê-Lo melhor e compreender os seus caminhos para achar Graça. Lembra-Lhe que o povo de Israel é o seu povo e que está a serviço dele.

O salmista também expressa este ardente desejo: Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno - Salmo 139.23-24.  

03. Na oração forte recebemos as promessas de Deus - v.14 

Respondeu-lhe Deus: A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso - v.14.

Jesus, porém, lhes respondeu: ... se tiverdes fé e não duvidardes ... tal sucederá; e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis - Mateus 21.21-22.

04. A oração forte tem propósito de ver a Glória de Deus - v.18

Moisés teve a intrepidez e a confiança de fazer a oração certa: Rogo-te que me mostres a tua glória. A palavra hebraica "SHEKINÁ" traduzida por glória significa presença.

O ardente desejo de ver a Glória de Deus é uma dependência total da Pessoa e do Poder de Deus. Era essa a maior necessidade de Moisés, pois, com a presença gloriosa de Deus, ele poderia todas as coisas.

A Glória de Deus na vida de Moisés foi tão forte que o seu rosto resplandecia - Ex 34:29-35.

Conclusão:

Todos nós precisamos viver uma comunhão intensa com o Senhor; andar em total dependência de Deus; sempre com um ardente desejo de conhecer e agradar a Deus, pois só assim receberemos as Suas promessas e veremos a Sua Glória.

A oração que anseia pela Glória de Deus sempre é respondida, e a resposta sempre é a solução perfeita da nossa necessidade.

Toda a oração que não nos leva à presença de Deus não é oração. Mais do que respostas, precisamos da resposta; a manifestação da glória de Deus.

 

                     Pr. Paulino Cordeiro - 22.07.2007 - noite