Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
A MINHA CASA - Lucas 19.45-46 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Primeiro as multidões aclamam a Jesus como rei (Lucas 19.28-40), a seguir, vendo a cidade chorou e pronunciou um lamento profetizando a destruição de Jerusalém (v. 41-44). Então, Jesus entra no templo e inicia o processo de purificação; ao mesmo tempo as autoridades religiosas procuravam motivos para matá-Lo, mas tinham medo tendo em vista a sua grande popularidade (Lucas 19.45-48).

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de Mb 5.2).

Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo - 2ª Coríntios 6.16.

01. Jesus entra na sua casa

"Entrando no templo"

Jesus entra no pátio externo ou átrio, denominado o pátio dos gentios, pois eles também tinham permissão para ali entrar, onde as pessoas arrependidas ofereciam sacrifícios pelos pecados. A venda de animais para os sacrifícios era feita pelos sacerdotes, tornando-se um negócio de grande lucro e escandaloso diante de Deus.  A intensa movimentação dos comerciantes atrapalhava as atividades sagradas de adoração ao Deus Vivo.

Jesus "entrando no Templo" seu primeiro contato foi com estes vendilhões no átrio, que era um lugar sagrado para se oferecer sacrifícios pelos pecados. Foi justamente pela falta de respeito que Jesus resolveu restabelecer a ordem.

Isto é um fato histórico, O Templo, a Casa de adoração ao Deus vivo havia se transformado num covil de salteadores. Hoje, o corpo de cada pessoa deve ser a Casa de Deus (1ª Coríntios 3.16 - Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?), e este fato histórico deve se repetir na vida de cada um que se converte. Jesus entra na sua casa e há salvação.

Os vendilhões ficavam diariamente negociando no Templo de Deus. Hoje, quando os Crentes vacilam, eles invadem suas vidas e ali ficam fazendo seus negócios sujos para conduzi-los a morte eterna.

Quais são os produtos destes vendilhões?

Salvação negociada para eles se enriquecerem com a fraude e os desavisados irem para o inferno?

Deixe que Jesus tenha livre acesso na sua casa (Apocalipse 3.20), não aceite vendilhões te enganarem.

02. Jesus não divide sua Casa com os inimigos

Jesus "expulsou os que ali vendiam".

"Vós a transformastes em covil de salteadores" (Apocalipse 2.9).

Jesus expulsou os vendilhões do Templo de Jerusalém, a casa de Deus, hoje, o templo está na vida de cada CrenteDevemos permitir que Jesus purifique o templo do Espírito Santo e expulse todos os demônios vendilhões que tentam habitar em nós.

Mateus 6.24: ​Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.

Os sacerdotes no tempo de Jesus estavam aborrecendo ao Senhor, pois, a prática daquele comercio na Casa de Deus era-Lhe abominável. Eles estavam pensando que poderiam servir ao Deus Vivo e ao mesmo tempo obter riquezas pecando contra o próprio Deus. O Templo de Deus não pode ao mesmo tempo ser também sinagoga de satanás (Apocalipse 2.9).

03. O templo é casa de oração

"A minha casa será casa de oração"

Jesus declara que o Templo é Dele e que o Seu Templo é casa de oração para todos os povos, quer alegre comunhão e sacrifícios agradáveis.

Isaías 56.7-8: Os levarei ao meu Santo Monte e os alegrarei na minha Casa de Oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar, porque a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos. ​Assim diz o SENHOR Deus, que congrega os dispersos de Israel: Ainda congregarei outros aos que já se acham reunidos.

Agora mudou, a Casa de Oração em Jerusalém foi destruída e cada Crente é habitação de Deus e Casa de Oração. Se você permitir, Jesus entra na tua vida, purifica expulsando os vendilhões e transforma a tua vida em Casa de Oração.

Romanos 8.26-27: Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. ​E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos.

Antigamente a Casa de Oração era um templo feito por mãos humanas, mas, agora a Igreja Viva, formada por cada Crente, é a Casa de Oração onde habita o Espírito Santo do Deus-Todo-Poderoso.

João 4.23-24: Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que tu és profeta. Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. ​Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. ​Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. ​Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

O Templo de Deus não está mais em Jerusalém, nem em Samaria, mas, no coração de cada Crente Verdadeiro.

Conclusão

Quando Jesus se dirigiu para Jerusalém, já sabia de tudo; da purificação do Templo; da destruição do Templo e que o Espírito de Deus habitaria na vida de cada Crente, na Igreja. Agora, resta-nos aceitar ou rejeitar esta transformação proposta por Deus através de Jesus.

​Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. ​Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo. ​O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito - João 3.5-8.

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 01.11.2015 - Manhã.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse de Filhos

·Tem Pão Velho?
·Deus quer tudo!!!
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.028 segundos