Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
FAZENDO ESCOLHAS – Lucas 10.38-42 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Tudo o que fazemos, seja certo ou errado, passa pelo crivo do livre arbítrio, fazendo escolhas conforme o nosso entendimento, fundamentados simplesmente na vontade pessoal ou na vontade de Deus.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de Mb 4.8).

Esta experiência mostra-nos exatamente como as pessoas se comportam diante do Mestre Jesus e seus ensinamentos, com isto retratando o perfil da Igreja atual. Como indivíduos Crentes vivemos fazendo escolhas, se certas ou erradas depende exclusivamente de cada um de nós.

01.Escolhendo o ativismo Benevolente

​A benevolência prática não é suficiente para agradar ao Senhor Jesus, é um triste engano pensar que apenas boas obras garantem a salvação. Jesus deixou bem claro como garantir a salvação: buscai, pois, em primeiro lugar, o seu Reino e a sua Justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas - Mateus 6.33.

Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado (João 11.1). E certa mulher, chamada Marta, hospedou-O na sua casa. ​Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. ​Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas - Lucas 10.38-41.

Marta recebeu Jesus, mas continuou totalmente ocupada com as suas atividades materiais, não quis a comunhão edificante e ainda "se achou" muito especial com direito de censurar o próprio Mestre "Senhor não te importas... ordena-lhe..".

Este endemoninhamento por espírito de religiosidade tem invadido a Igreja do Senhor Jesus causando terríveis danos a sociedade. O Crente com discernimento vive uma vida equilibrada, distribuindo o seu tempo com sabedoria, no poder do Espírito Santo, de maneira que Deus seja glorificado na sua própria vida e através das suas atividades.

Marta escolheu somente receber o Senhor Jesus e afastou-se da Comunhão Santa e edificante, não recebeu a Palavra. Esta escolha é tão errada como colocar a carroça para puxar os cavalos.

Cuidado com a síndrome de Marta, ela tem apanhado muitos Crentes incautos!  

A síndrome de Marta tem sido a grande arma de satanás para levar muitas vidas à condenação eterna. As pessoas têm tempo para tudo, menos para pararem e ouvirem as Palavras de Jesus. Marta achou que tinha feito muito em abrir a porta para Jesus; assim tem sido com muitas pessoas, pois afirmam: Eu aceitei Jesus, só não quero ser fanático, vou uma vez ou outra à Igreja (aqueles crentes são muito chatos) e também acho que Bíblia não é desodorante. Vemos que Marta se considerava amiga de Jesus, mas optou pelos seus afazeres do mundo.

Será que só queria o status de Crente?

- Marta, Marta! Andas inquieta e preocupada com muitas coisas!

Marta estava presa a tradições; alegrou-se com a presença de Jesus e abriu as portas de sua casa, mas não teve tempo para Jesus.

02.Escolhendo a Comunhão Edificante

Tinha Marta uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada - Lucas 10.39 e 42.

Maria quedava-se aos pés de Jesus, ou seja, desligou-se de tudo concentrou-se somente nas Palavras de Jesus. Sua prioridade foi ouvir os ensinamentos de Jesus.

Quando escolhemos a Comunhão Edificante o diabo não tem poder para tirar o que Jesus dá: Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.

V.39 - Maria escolheu dedicar seu tempo a Jesus, ser Crente.

V.42 - Maria escolheu a melhor parte, e esta não lhe será tirada. Tens escolhido a melhor parte? Tens ficado aos pés de Jesus?

Não esqueça que Marta foi reprovada porque deixou as muitas coisas tomarem conta da sua mente e coração. Deixe o Espírito Santo de Deus tomar conta de tua vida.

Conclusão

Jesus valoriza a Comunhão Santa com entendimento, detesta a superficialidade com apelos emocionais. Marta quis receber o Senhor Jesus com o apelo emocional da boa recepção com um banquete; Maria entendeu que Jesus não veio para ser servido (Mc 10.45), mas, para servir e recebeu o banquete dos ensinamentos de Jesus.

Quem dedica tempo a Deus, sua Palavra e sua Igreja, alcança o verdadeiro sentido prático da salvação. Marta se deu mal, foi egoísta, presunçosa e ainda criticou quem estava agindo corretamente.

E nós, como temos agido?

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 11.10.2015 - Manhã.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Feminino

·Visão de Fé para a Esposa (Pr. Paulino Cordeiro)
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.029 segundos