Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
GRANDE ESPERANÇA - Romanos 8.18-25 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Esperança é uma inabalável confiança de que algo prometido vai acontecer.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 8.1mb).

O apóstolo Paulo fala de uma ardente expectativa de toda a criação e da humanidade pelo dia da Redenção, ou seja, todo o planeta terra tem uma grande esperança de que todos os sofrimentos terminem com a segunda vinda de Jesus.

Quando tudo parece perdido ainda resta uma esperança, uma grande esperança na fidelidade de Deus que já enviou uma vez o seu Filho para morrer em nosso lugar e agora o planeta terra geme e sofre angústias aguardando a sua segunda vinda, o Dia da Redenção.

Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado. - Romanos 5.5.      

E daí, você tem permitido que Deus derrame do seu amor em teu coração para alimentar esta grande esperança?

01.Apesar dos sofrimentos

Existe algum verdadeiro Crente que não sofra por causa do Evangelho?

Quando estamos bem firmados Biblicamente na grande esperança Redentora, qualquer sofrimento terreno ou perseguição será incomparável a Glória eterna com Deus.

Romanos 8.18 - Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.

Não fique na autocomiseração do sofrimento de hoje, firme tua fé e obediência na Glória eterna preparada por Jesus junto ao Deus todo Poderoso.

Lucas 6.22-23 - Bem-aventurados sois quando os homens vos odiarem e quando vos expulsarem da sua companhia, vos injuriarem e rejeitarem o vosso nome como indigno, por causa do Filho do Homem. Regozijai-vos naquele dia e exultai, porque grande é o vosso galardão no céu...

Não desanime, pois, quando você está firmado nos valores do Reino de Deus mesmo que o teu corpo sofra as tuas forças são renovadas pelo Espírito de Deus. As aflições e sofrimentos por amor a Deus são passageiros, mas produzem incomparável Glória eterna e superior a tudo. A grande esperança só é verdadeira quando deixamos de dar extremo valor as coisas que vemos e passamos a nos apoiar nas coisas sobrenaturais de Deus que são eternas.

Pare de valorizar o teu sofrimento, olhe para o exemplo de Jesus, AQUELE que suportou todos os sofrimentos e te espera na Glória eterna.

02.A criação participa desta esperança

Toda a criação era pura e perfeita, mas com o pecado ficou debaixo de maldição (Gênesis 3.16-18), pela corrupção igualmente sofre com a humanidade e igualmente espera o dia da redenção que será o fim de todas as angústias.

Romanos 8.19-22 - A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus. Pois a criação está sujeita à vaidade (pecado de Adão), não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou (Deus sujeitou o homem e a natureza a maldição por causa do pecado), na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora.

Toda a criação geme e suporta angústia até agora. A terra sofre violência, os reinos, animal, vegetal e mineral gemem e se retorcem angustiados, gerando grande mal a toda a humanidade. A cada gemido e a cada dor do planeta terra uma catástrofe acontece e as deformidades vão aumentando.

A nossa grande esperança é a certeza de que no dia da Redenção estas dores e angústias terão fim.

03.Os Crentes esperam o dia da Redenção

Quando Jesus voltar, a Igreja não poderá ser encontrada de braços cruzadosEsperar é viver, é anunciar e instalar no mundo sinais da presença e do amor de Deus.  Devemos esforçar-nos, empenhar a nossa vida, para sermos achados em paz e sermos provedores da mesma.  Sem mancha e sem necessidade de repreensão será encontrado aquele que não enterra o seu tesouro (Mt 25.13-30).

Romanos 8.23-25 - E não somente ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, igualmente gememos em nosso íntimo, aguardando a adoção de filhos, a redenção do nosso corpo.

Quem espera prepara-se para aquele momento; assim como a mulher prepara-se para o dia do parto, os Crentes devem preparar-se para o dia da Redenção.

Nós que somos Santuários do Espírito Santo de Deus devemos viver esperando o Dia da Redenção; neste Dia receberemos corpo glorificado igual ao de Jesus quando foi ressuscitado por Deus Pai e seremos irmãos de Jesus por adoção.

Esperamos o dia da Redenção por fé porque, na esperança, fomos salvos. Ora, esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos.

A ansiedade tem tragado a esperança de muitos "crentes", pois vivem dias, meses e até anos sem esperar o Dia da Redenção. A nossa comunhão com a Palavra de Deus, com o próprio Deus e sua Igreja é o fator determinante da nossa esperança, pois prepara a nossa paciência enquanto aguardamos.

Porque muitos crentes vivem sem esperança e sem paciência para com as coisas de Deus?

Efésios 4.30-31 - E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia.     

Conclusão

A tua conduta demonstra o nível da tua esperança. N conduta do verdadeiro Crente está refletida a Glória de Deus, pois a sua grande esperança está firmada nas promessas de Deus até que Jesus volte.

O verdadeiro Crente vive por amor a Deus e tem uma grande esperança pelo Dia da Redenção como se Jesus já estive voltando para o Juízo Final. Fisicamente está na terra, mas espiritualmente está assentado com Deus na Mesa Real (Efésios 2.4-7).

Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens - 1ª Coríntios 15.19.

A tua vida está ocupada principalmente com as coisas deste mundo ou vive com grande esperança pelo Dia da Redenção?

Romanos 15.13 - E o Deus da esperança vos encha de todo o gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo.

O nosso Deus é o Deus da esperança, você é rico de esperança?

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada.   Sermão compartilhado em 09.11.2014 - Noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse de Comunhão

·CONFIANÇA - Salmo 20.6-8 (Pr. Paulino Cordeiro)
·O TAMANHO DO AMOR DE DEUS - Rm – 8.24-39 (Pr. Paulino Cordeiro)
·GRANDE TROCA - Hebreus 12.1-13 (Pr. Paulino Cordeiro)
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.023 segundos