Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
O CONSOLADOR – João 16.1-15 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Consolador é quem consola, dá conforto; refrigério; alívio; lenitivo.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 5.9mb).

A palavra grega usada para consolador é parácleto que significa "pessoa chamada para acompanhar, andar junto" o Espírito Santo como um consolador é nosso ajudante, conselheiro e defensor.

Os apóstolos tinham grandes dificuldades, mas, com Cristo sentiam grande conforto. Reconheciam a autoridade de Jesus, acalmando tempestade, expulsando demônios, alimentando as multidões, curando enfermos, Ele realizava coisas impossíveis aos homens.

Diante da Sua iminente ida para o Céu os apóstolos estavam se sentindo órfãos, Ele tinha sido o Mestre infalível, mas, agora se sentiam inseguros quando ao seu futuro.

É neste contexto que o Senhor Jesus passa a falar palavras de conforto e conforme João capítulos 14-16 promete enviar outro Consolador.

João 14.16: E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco.

Em 1ª João 2.1, Cristo é o nosso parácleto.

Em João 14.16 Jesus prometeu que enviaria "outro" consolador. A palavra grega allos significa "outro do mesmo tipo", então o Espírito Santo é como Jesus, uma pessoa Divina que zela por nós na ausência física de Cristo, Ele nos ama assim como Jesus.

01. Por que precisamos do consolador?

Consolação é o estado de quem é confortado, passando a sentir bem-estar material ou moral, é uma experiência fortalecedora nos momentos de dificuldades.

Para que entendessem a necessidade de Outro Consolador, Jesus deixou muito claro aos apóstolos que as dificuldades seriam grandes em suas vidas:

 João 16.1-4 - Tenho-vos dito estas coisas para que não vos escandalizeis. Eles vos expulsarão das sinagogas; mas vem a hora em que todo o que vos matar julgará com isso tributar culto a Deus. Isto farão porque não conhecem o Pai, nem a mim. Ora, estas coisas vos tenho dito para que, quando a hora chegar, vos recordeis de que eu vo-las disse. Não vo-las disse desde o princípio, porque eu estava convosco.

Este mundo é um lugar de tribulações, perseguições e lágrimas para os filhos de Deus, MAS, em Jesus temos a vitória porque recebemos o Consolador.

João 16.33 - Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em MIM. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.

Os filhos e filhas de Deus, não devem esperar o fim das dificuldades, mas o conforto em suas lutas e aflições, através do Espírito Santo de Deus.

02. A missão do Consolador

Jesus veio para cumprir a sua missão de Salvador e consolador da Igreja, mas, Ele teve que voltar para junto do Pai e enviar o outro consolador para confortar e convencer os Crentes a respeito das coisas de Deus.

João 16.5-11: Mas, agora, vou para junto daquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: Para onde vais? Pelo contrário, porque vos tenho dito estas coisas, a tristeza encheu o vosso coração. Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quando ELE vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.

A missão do Consolador: Quando ELE vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.

O Crente que vive infeliz, acusado pelo diabo e insensível a voz de Deus, certamente não está vivendo os seus privilégios de Templo do Espírito Santo. Deus quer que Seus filhos tenham conforto e alegria na comunhão do Espírito Santo.

O Crente que vive no Poder do Espírito Santo de Deus está pronto para contratacar e derrotar o maligno porque ele sabe que recebeu Poder:

A Missão do Consolador em cada pessoa:

a) Convencer do pecado: É impossível um verdadeiro Crente viver pecando, pois, o Espírito Santo de Deus, o Consolador, convence-o de que o pecado afasta de Deus e aproxima de satanás.

O verdadeiro Crente sabe que o sangue Redentor de Jesus verteu na cruz para purificar os pecadores arrependidos. O Espírito Santo, o Consolador, convence os pecadores de que satanás não tem poder para escravizá-los. 

b) Convencer da Justiça: Jesus anunciou a Justiça de Deus Pai até a sua morte de cruz. Agora Ele anuncia outro Consolador para continuar a sua Obra e andar com a Igreja, convencendo cada pessoa da Justiça de Deus. Somente o Espírito Santo tem poder para convencer as pessoas de que o Justo morreu pelos injustos.

João 17.25: Pai justo, o mundo não te conheceu; eu, porém, te conheci, e também estes compreenderam que tu me enviaste.

As pessoas pela sua própria inteligência não conseguem entender a Justiça de Deus, somente pelo Espírito Santo que conseguimos receber a Deus como nosso Pai Justo.

c) Convencer do Juízo: É o ato de Deus baseado em sua JUSTIÇA, pelo qual ele condena ou absolve as pessoas.

Salmo 97.1-4: Reina o SENHOR. Regozije-se a terra, alegrem-se as muitas ilhas. Nuvens e escuridão o rodeiam, justiça e juízo são a base do seu trono. Adiante dele vai um fogo que lhe consome os inimigos em redor. Os seus relâmpagos alumiam o mundo; a terra os vê e estremece.

Romanos 14.17: Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

O Consolador tem recebido liberdade para te convencer ou você tem andado no engano de que poderá convencer a Deus?

03. Quem recebe o consolador é instruído na Verdade

O Espírito Santo que habita no Crente é chamado de "O Espírito da verdade" e guia a toda a verdade:

João 15.26-27: Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim; e vós também testemunhareis, porque estais comigo desde o princípio (Atos 1.8).

João 14.17: o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós.

João 16.12-15: Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora; quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir. Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso é que vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar. 

Jesus havia ensinado aos seus discípulos tudo o que tinha recebido do Pai, agora lhes prometeu "o Espírito da Verdade" para continuar guiando-os em toda a verdade - João 14.26.

O Espírito da Verdade habita em você e te guia toda a verdade?

Conclusão

É confortante termos o Divino Consolador como nosso intercessor que conhece a vontade de Deus.

Romanos 8.26-27: Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos.

Os discípulos sentiram-se extremamente impotentes sem a presença de Jesus, entretanto quando receberam o Consolador ficaram cheios do Poder de Deus.

 Filipenses 1.6: Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.

O Consolador tem frutificado na tua vida? (Gálatas 5.22-23).

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada.

Sermão compartilhado em 27.07.2014 - Noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
O texto mais lido hoje é:
JEITINHO – Lucas 7.24-35 (Pr. Paulino Cordeiro)
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Infantil

·Pra onde ir?
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.031 segundos