Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
VALORES DO REINO DE DEUS - Lucas 14.1-35 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Vivemos o tempo da inversão de valores. Será que mudou muito desde a vinda de Jesus até agora?

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 7.2mb).

 

Autopromoção, vida material em primeiro lugar, egoísmo, autossuficiência, mentiras, rebeldia, corrupção, etc., chamam de esperteza.

Amar a Deus, ao próximo, obediência, ir à Igreja, castidade, etc., dizem que é careta.

Com Jesus não tem inversão de valores, tudo é perfeito se resume à obediência e prática daquilo que Ele manda.  

01. O Verdadeiro Amor - Lucas 14.1-6

Jesus era muito popular, pois havia crescido entre aquelas "autoridades espirituais", portanto era-lhe natural entrar nas casas para compartilhar pão no dia do SENHOR.

Jesus vendo aquele homem com barriga d´água (Hidrópico) imediatamente curou-o e aproveitou para ensinar-lhes a verdadeira interpretação da Lei. Eles diziam cumprir a Lei, mas tinham grande amor a criatura em vez de viverem o Verdadeiro Amor ao Criador. Aqueles homens interpretavam a Lei visando proteger valores terrenos, desviando-se dos valores do Reino de Deus.

Mateus 22.37-40: Respondeu-lhe Jesus (aos legalistas): Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.

Eles diziam amar a Deus e ao próximo, mas eram mais apegados aos seus afazeres e aos seus bens terrenos do que ao Deus Vivo.

02. Normas de Conduta - Etiqueta - Lucas 14.7-14

Jesus é nosso mestre e nós somos seus discípulos, mas vemos que Ele também é mestre em etiqueta (v.7), pois expõe sabiamente a importância de uma vida humilde e confiante que toda a exaltação procede somente de Deus, em Cristo Jesus.

Lucas 14.8-10 Exortação à humildade: evitar autopromoção

Lucas 14.11 (1ª Pe 5.6) Dependência:  confiar só em Deus

Lucas 14.12-14 Deus odeia o jeitinho, quer misericórdia:

- A recompensa não vem por mão humana

- A recompensa vem por meio de Jesus

Jesus quer que sejamos altruístas e generosos. Quer que sejamos seus imitadores, pois Ele veio para servir e não para ser servido. Jesus veio para os excluídos e quer que sejamos agentes do Seu amor e misericórdia porque éramos estes excluídos, Seu amor nos alcançou.

03. O Coração do Pai (Atitudes) - 15-24.

Percebemos que havia alguém, na ceia, deslumbrado com a presença de Jesus e com o Reino futuro. Ele se projeta no futuro ao expressar; "bem-aventurado aquele que comer pão no Reino do céu". Este homem não havia entendido que Jesus falava aos judeus e anunciava oportunidade de salvação para todos.

Jesus chama este homem à realidade presente, pois não adianta olhar para o futuro sem viver o Reino presente.

Lucas 14.16 "certo homem (Deus) deu uma grande ceia e convidou muitos" e fica claro que todos teriam aceito o convite, pois, tendo a mesa pronta mandou chamar os convidados.

Lucas 14.17-20 os convidados, um a um, deram desculpas esfarrapadas e fugiram do compromisso já firmado.

Lucas 14.21 A mesa está pronta para servir a muitos. A alegria de quem oferece a ceia é ver a mesa cheia de convidados. Se muitos recusaram o convite, muitos outros estão esperando este convite e famintos: "Sai depressa para as ruas e becos da cidade e traze para aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos".

- O servo busca os excluídos.

Lucas 14.22-23 "Feito está... ainda há lugar... obriga todos a entrar, para que fique cheia a minha casa".  O dono da ceia tem um coração maravilhoso, não se contenta com a mesa quase cheia, ele quer cheia.

Os chamados foram excluídos e os excluídos foram chamados.

Quem são os convidados que têm faltado ao convite do Senhor, quem são aqueles rejeitados que o Senhor os recebe?

04. O Coração do Crente - Atitudes - Lucas 14.25-35.

Jesus, com sua sabedoria, sinais e prodígios, atraia grandes multidões. Hoje não é diferente, continua atraindo grandes multidões, muitos querem os benefícios de Jesus, mas poucos querem obedecer a Jesus.

Note bem, Jesus tem uma condição para aqueles que ouvem a sua Palavra, não está prometendo vida fácil, mas está ensinando armas de vitória na vida cotidiana:

Lucas 14.26  Este é o mandamento maior, Deus acima de todos e de tudo, sem deixar de amar ao próximo Lc 10.27.

Lucas 14.27 Tomar a cruz = Morrer para si mesmo e viver para Cristo.

- vier após = obedecer ao que Jesus manda fazer.

Lucas 14.28-30 Construir uma torre tem um custo elevado, exige sabedoria.

Lucas 14.31-32 Enfrentar uma guerra também exige planejamento e  sabedoria.

Irmãos, para construirmos a nossa vida com Jesus tem um custo e exige sabedoria, também devemos estar cientes que é uma guerra vitoriosa se agirmos em obediência à Palavra e no poder do Espírito Santo (Tg 4.7). 

Lucas 14.33 A realização de grandes sonhos exige abrir mão de muitas coisas, assim é quando decidimos seguir a Jesus, em obediência

Lucas 14.34-35 Assim como o sal para surtir o seu efeito deve ser consumido, também nós, os filhos de Deus, devemos ser consumidos a serviço de Jesus.

O bom sal transforma o sabor do alimento, assim, também, o bom Crente deve ser um agente de transformação no meio em que vive.  O sal insípido é lançado fora, ou seja, o Crente que não opera transformações, no poder do Espírito Santo, também é lançado fora.

Conclusão

Reconheça que Jesus quer humildade e não autopromoção.

Reconheça que o coração do Pai é misericordioso e deseja Sua casa cheia, para isto é necessário aceitar o Seu convite e estar presente na Sua casa.

Reconheça que o coração do Crente deve estar submisso ao Mestre Jesus e ser usado na obra de Deus. Só assim seremos verdadeiros discípulos. 

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 16.02.2014 - Noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Feminino

·Visão de Fé para a Esposa (Pr. Paulino Cordeiro)
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.029 segundos