Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
COMO CONVERSAR COM O PAI - Lucas 11.1-13 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Toda a conversa construtiva é movida por interesse de ambas  partes, seja para ensinar ou aprender, para ganhar ou dar.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 6.1mb).

Toda a conversa, de acordo com o interesse, ela busca algum tipo de satisfação; seja material, da alma ou espiritual.

De princípio, não deveria existir a conversa inútil, pois, a palavra foi feita para construir; sempre comunicando o amor de Deus. 

Nesta porção Bíblica vemos Jesus nos incentivando a uma legítima conversa com o Pai Celeste. Jesus conhece o coração do Pai, vemos aqui Jesus insistindo em nos mostrar como falar com o Pai. Preste atenção nestas orientações maravilhosas.

01. Em santidade - Lucas 11.1-4.

Ensina-nos a orar - toda a conversa com o Pai está claramente ensinada por Jesus na Bíblia. Só seremos atendidos pelo Pai no nome de Seu Filho.

a) Relacionamento com o Pai - Lucas 11.2-4

Então, ele os ensinou: Quando orardes, dizei: Pai, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; o pão nosso cotidiano dá-nos de dia em dia; perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo o que nos deve; e não nos deixes cair em tentação.

Santificado seja o teu Nome - Fui feito para exaltar a santidade de Deus através da minha vida = amar ao Pai sobre todas as coisas. Significa que a Santidade de Deus deve ser manifesta no meio de seu povo e através de seu povo.

Venha o teu Reino - Expressa a vontade de obedecer ao Rei do universo e manifestar o Seu Reino através de minha vida.

Dá-nos o pão - devo depender da provisão Divina - tudo procede do Pai, de dia em dia (Mateus 6.33).

Perdoa-nos os nossos pecados - todo o perdão procede de Deus Pai, no nome e no sangue de Jesus (1ª João 1.9).

Não nos deixes cair em tentação v.4b - só Deus Pai pode livrar do tentador (Tiago 4.7; Mt 4.3-11).  

b) Relacionamento com as pessoas - Lucas 11.4

Também nós perdoamos a todo o que nos deve - Jesus deixa muito claro que só posso pedir perdão a Deus se puder afirmar a Ele que já perdoei a todos os que me deviam.

02. Como um grande amigo - Lucas 11.5-8.

Disse-lhes ainda Jesus: Qual dentre vós, tendo um amigo, e este for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, pois um meu amigo, chegando de viagem, procurou-me, e eu nada tenho que lhe oferecer. E o outro lhe responda lá de dentro, dizendo: Não me importunes; a porta já está fechada, e os meus filhos comigo também já estão deitados. Não posso levantar-me para tos dar; digo-vos que, se não se levantar para dar-lhos por ser seu amigo, todavia, o fará por causa da importunação e lhe dará tudo o de que tiver necessidade.

Esta parábola é contada por Jesus para compreendermos como deve ser a oração, devemos nos dirigir a Deus como a um grande amigo.

O amigo tem livre acesso a qualquer hora do dia, pode até importunar com pedidos insistentes, mesmo em situações impróprias.

Lucas 11.5-6 - Expondo as necessidades com clareza = "empresta-me três pães, meu amigo chegou de viagem e nada tenho a oferecer-lhe".

Lucas 11.7 - Não me importunes. Assim como um amigo diz NÃO e depois cede, Deus também prova a nossa amizade, nem sempre atende de imediato.

Lucas 11.8 Amizade e importunação - Levar ao Pai na certeza de que Ele é Amigo Verdadeiro e um amigo verdadeiro não deixa de atender as necessidades de um amigo em apuros: meu amigo chegou de viagem. Este homem queria abençoar um amigo e isto era prioridade, e insistia.

O que você tem levado ao Grande Amigo, Deus Pai, tem insistido? Não confunda insistir com oração tola (não confere com a vontade de Deus) ou vãs repetições (Mateus 6.7).

03. Com fé e perseverança - Lucas 11.9-13.

Jesus orava muito, por isso Ele recebia muito poder. Jesus é nosso modelo em todo o procedimento. Jesus continua ensinando que o Pai é Amigo, e torna a esclarecer que devemos PEDIR, BUSCAR e BATER à porta do nosso Grande Amigo, pois assim conseguiremos tocar o coração do Pai.

Lucas 11.09-10 - Certeza em perseverança: Por isso, vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á.

Lucas 11.11-12 - Certeza do caráter do pai - Ele dá se pedirmos sempre e conforme a Palavra de Deus: Qual dentre vós é o pai que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se pedir um peixe, lhe dará em lugar de peixe uma cobra? Ou, se lhe pedir um ovo lhe dará um escorpião?

Lucas 11.13 - Certeza que tudo procede do Pai- Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?

Aqui Ele ensina a doutrina do Espírito Santo, que haveria de vir após sua morte. Na figura do pai terreno, Jesus afirma que Deus como Pai atende a todas as necessidades e também dá o Espírito Santo àqueles que crêem.

Tudo procede de Deus Pai, Dons, qualidades para o serviço. Tiago 1.7 - Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.

Conclusão

Oração é um assunto que muito Crente foge, é uma conversa de alto risco. Sabe por quê?

- Porque oração é uma conversa com o Pai, em nome de Jesus, sem intermediários humanos.

- Esta conversa acontecerá, de fato, se partir de um filho autentico, ou seja, um filho tem nome, sobrenome e tipo de sangue que combinam com o pai.

Você está entendendo? Os filhos de Deus se identificam com Ele, em tudo. Só assim haverá uma conversa de filho para Pai e de Pai para filho. Caso contrário, será um estranho falando com o Pai dos seus conhecidos e querendo receber o mesmo tratamento de filho.

Se você percebe que a tua oração ainda fica sem resposta do Pai, é hora de ir a Ele em nome de Jesus. Confesse a Jesus como Senhor e Salvador da tua vida que o Pai te dará o Espírito Santo e as demais coisas que necessitar. 

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 29.12.2013 - Noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Interesses relacionados

Interesse de Comunhão
 


 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Feminino

·Visão de Fé para a Esposa (Pr. Paulino Cordeiro)
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.038 segundos