Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
QUEM ENTRARÁ NO DESCANSO? – Hebreus 4.1-13
Sermão
Interesse de Comunhão

O ser humano, depois do pecado no Paraíso, recaiu sobre ele a maldição da fadiga (Gênesis 3.17), por isto é que sempre está buscando um descanso.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 6.0mb).

Quanta canseira, pois há momentos em que tudo parece enfadonho e cansativo!

Tenhamos fé, portanto, resta um repouso para o povo de Deus - v.9.

01. Não entrarão os rebeldes a Palavra de Deus- v.1-8

A rebeldia é algo abominável aos olhos de Deus, Ele não permitiu que aquele povo de coração duro entrasse na terra prometida, a Canaã onde corria leite e mel.

Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração, como foi na provocação. Ora, quais os que, tendo ouvido, se rebelaram? Não foram, de fato, todos os que saíram do Egito por intermédio de Moisés? E contra quem se indignou por quarenta anos? Não foi contra os que pecaram, cujos cadáveres caíram no deserto? E contra quem jurou que não entrariam no seu descanso, senão contra os que foram desobedientes? Vemos, pois, que não puderam entrar por causa da incredulidade - Hb 3.15-19.

Hoje, o mundo é o deserto e a Canaã é o Céu, onde Deus habita. Assim como os rebeldes morreram no deserto, hoje os que permanecem rebeldes perecem e não chegam à Canaã Celestial.

Deus adverte para que a Igreja não siga o exemplo de incredulidade de Israel, mas que busque o descanso com fé e obediência.

02. Entrarão os obedientes a Palavra de Deus - v. 9-13

Os filhos e filhas de Deus, apesar das fadigas terrenas, descansam nas promessas de vida eterna por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador e Redentor.

a) É uma promessa - v.9-10 e João 3.16

Portanto, resta um repouso para o povo de Deus. Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das suas.

Deus é fiel para cumprir todas as promessas, desde que sejamos obedientes a tudo o que Ele manda: Nenhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o SENHOR falara a casa de Israel; tudo se cumpriu - Josué 21.45.

b) Devemos nos esforçar para não cairmos em rebeldia - v.11

Esforcemo-nos, pois, por entrar naquele descanso, a fim de que ninguém caia, segundo o mesmo exemplo de desobediência.

Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele - Mateus 11.12.

c) Devemos viver cientes de que nada escapa aos olhos de Deus - v.12-13.

Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas.

Quando nos expomos a Palavra de Deus e aceitamos como regra de fé e conduta, somos esquadrinhados e nada fica escondido. Sabemos que os olhos do Deus Vivo estarão sobre nós, por onde andarmos e vendo tudo que fizermos.

Então, ela (Hagar) invocou o nome do SENHOR, que lhe falava: Tu és Deus que vê; pois disse ela: Não olhei eu neste lugar para Aquele que me vê? - Gênesis 16.13.

Conclusão

Só existe uma maneira de entrarmos no descanso eterno, achegemos-nos a Jesus: Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão. Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, a nossa semelhança, mas sem pecado. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna - v. 14-16.

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 27.07.2008 e 23.12.2012 - noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Masculino

·Razões para não cairmos na ansiedade
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.039 segundos