Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
A DIFERENÇA - Isaías 53.4-5 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Fala-se muito de "fazer a diferença" na vida profissional, cultural, material, na beleza física... Pobre humanidade, pouquíssimas pessoas estão buscando "fazer a diferença" espiritual com Deus.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de  3.44M) 

Multidões, pelo mundo afora, continuam mantendo Jesus numa cruz como morto, aflito, ferido e oprimido. Por outro lado podemos ouvir e ver o testemunho dos redimidos no Sangue do Cordeiro... Aleluia!

O pecador não arrependido ignora a razão por que Cristo morreu, mas o pecador arrependido louva a Deus, reconhecendo a vitória da Redenção por meio de Jesus, O Ungido do Pai (Isaías 61.1-3).

01.  O pecador não arrependido é inimigo de Deus

Jesus na cruz é a figura mais realista que existe do pecador não arrependido, toda a ira de Deus, que deveria recair sobre as pessoas rebeldes, recaiu sobre Jesus. Lá na cruz do Calvário, Deus Pai tratou a Jesus como se fosse o pior dos pecadores, pois lançou sobre ELE os pecados de toda a humanidade.

Nós o consideramos como aflito, ferido de Deus, e oprimido - v.4.

É bem esse o estado de uma pessoa não arrependida, inimiga de Deus e sobre ela recai toda a conseqüência do pecado, sofre muito e persiste na rebeldia.

Aflito: Aflições da alma, financeiras, materiais e espirituais.

Ferido: Vivem feridentas e cheias de chagas no corpo, na alma, nos sentimentos, nos relacionamentos...

Oprimido: Sofre todo o tipo de humilhação, sofre tirania...

Sabemos que Jesus suportou essas coisas terríveis naquela cruz para criar uma oportunidade de arrependimento a todos os pecadores de todos os tempos; se fez maldito naquela cruz, mas tinha certeza de que o Pai O ressuscitaria dentre os mortos. O pecador não arrependido nega o sacrifício de Jesus, vai morrer e não ressuscitará para a vida eterna, mas, sim para a condenação eterna.

O Pai ama ao Filho e todas as coisas tem confiado às suas mãos. Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus - João 3.35-36

02.  Pecador arrependido recebe o favor de Deus

Deus, ao entregar seu Filho na Cruz do Calvário, demonstrou o grande amor que tem por todos os pecadores, entretanto só recebe o seu favor quem se arrepende de todos os pecados: Depois de João ter sido preso, foi Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho de Deus, dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho - Marcos 1.14-15.

Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades as nossas dores levou sobre Si - v.4:  Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ELE meramente com a Palavra expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes; para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías: Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou com as nossas doenças - Mateus 8.16-17.

Ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades - v.5: - Gálatas 3.13-14 - Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ELE próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro - Deuteronômio 21.23), para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios, em Jesus Cristo, a fim de que recebêssemos, pela fé, o Espírito prometido.

O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele - v. 5 (Isaías 9.6): Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, NELE, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio DELE reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus - Colossenses 1.18-20.

Pelas suas pisaduras fomos sarados - v.5: carregando ELE mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por SUAS CHAGAS, fostes sarados - 1ª Pedro 2.24.

Ele é quem perdoa todas as tuas iniqüidades; quem sara todas as tuas enfermidades; quem da cova redime a tua vida e te coroa de graça e misericórdia; quem farta de bens a tua velhice, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia - Salmo 103.3-5.

Arrependa-se de todos os pecados e receba o favor de Deus e das pessoas.

03. A diferença

A diferença é visível, pois, o pecador não arrependido anda na contramão do pecador arrependido e não pode haver comunhão entre eles. Um é inimigo de Deus e outro é amigo de Deus, portanto existe uma inimizade espiritual: Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo? Amós 3.3. 

Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povoPor isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei,  serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso - 2ª Co 6.14-18.

Conclusão

Você viu a diferença entre o "pecador não arrependido" e o "pecador arrependido", agora, a escolha é tua, porém, não se esqueça de que a tua escolha valerá para a eternidade.

Tome posse da benção, Jesus morreu na cruz para que todos sejam libertos do pecado, Ele destruiu a inimizade que havia entre as pessoas e Deus (Efésios 2.14-16).

Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando o SENHOR, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando-te a ELE; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade... Deuteronômio 30.19-20.  

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 31.10.2010 - noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Infantil

·Pra onde ir?
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.026 segundos