Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
A DIFERENÇA - Isaías 53.4-5 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Fala-se muito de "fazer a diferença" na vida profissional, cultural, material, na beleza física... Pobre humanidade, pouquíssimas pessoas estão buscando "fazer a diferença" espiritual com Deus.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de  3.44M) 

Multidões, pelo mundo afora, continuam mantendo Jesus numa cruz como morto, aflito, ferido e oprimido. Por outro lado podemos ouvir e ver o testemunho dos redimidos no Sangue do Cordeiro... Aleluia!

O pecador não arrependido ignora a razão por que Cristo morreu, mas o pecador arrependido louva a Deus, reconhecendo a vitória da Redenção por meio de Jesus, O Ungido do Pai (Isaías 61.1-3).

01.  O pecador não arrependido é inimigo de Deus

Jesus na cruz é a figura mais realista que existe do pecador não arrependido, toda a ira de Deus, que deveria recair sobre as pessoas rebeldes, recaiu sobre Jesus. Lá na cruz do Calvário, Deus Pai tratou a Jesus como se fosse o pior dos pecadores, pois lançou sobre ELE os pecados de toda a humanidade.

Nós o consideramos como aflito, ferido de Deus, e oprimido - v.4.

É bem esse o estado de uma pessoa não arrependida, inimiga de Deus e sobre ela recai toda a conseqüência do pecado, sofre muito e persiste na rebeldia.

Aflito: Aflições da alma, financeiras, materiais e espirituais.

Ferido: Vivem feridentas e cheias de chagas no corpo, na alma, nos sentimentos, nos relacionamentos...

Oprimido: Sofre todo o tipo de humilhação, sofre tirania...

Sabemos que Jesus suportou essas coisas terríveis naquela cruz para criar uma oportunidade de arrependimento a todos os pecadores de todos os tempos; se fez maldito naquela cruz, mas tinha certeza de que o Pai O ressuscitaria dentre os mortos. O pecador não arrependido nega o sacrifício de Jesus, vai morrer e não ressuscitará para a vida eterna, mas, sim para a condenação eterna.

O Pai ama ao Filho e todas as coisas tem confiado às suas mãos. Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus - João 3.35-36

02.  Pecador arrependido recebe o favor de Deus

Deus, ao entregar seu Filho na Cruz do Calvário, demonstrou o grande amor que tem por todos os pecadores, entretanto só recebe o seu favor quem se arrepende de todos os pecados: Depois de João ter sido preso, foi Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho de Deus, dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho - Marcos 1.14-15.

Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades as nossas dores levou sobre Si - v.4:  Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ELE meramente com a Palavra expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes; para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías: Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou com as nossas doenças - Mateus 8.16-17.

Ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades - v.5: - Gálatas 3.13-14 - Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ELE próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro - Deuteronômio 21.23), para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios, em Jesus Cristo, a fim de que recebêssemos, pela fé, o Espírito prometido.

O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele - v. 5 (Isaías 9.6): Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, NELE, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio DELE reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus - Colossenses 1.18-20.

Pelas suas pisaduras fomos sarados - v.5: carregando ELE mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por SUAS CHAGAS, fostes sarados - 1ª Pedro 2.24.

Ele é quem perdoa todas as tuas iniqüidades; quem sara todas as tuas enfermidades; quem da cova redime a tua vida e te coroa de graça e misericórdia; quem farta de bens a tua velhice, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia - Salmo 103.3-5.

Arrependa-se de todos os pecados e receba o favor de Deus e das pessoas.

03. A diferença

A diferença é visível, pois, o pecador não arrependido anda na contramão do pecador arrependido e não pode haver comunhão entre eles. Um é inimigo de Deus e outro é amigo de Deus, portanto existe uma inimizade espiritual: Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo? Amós 3.3. 

Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povoPor isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei,  serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso - 2ª Co 6.14-18.

Conclusão

Você viu a diferença entre o "pecador não arrependido" e o "pecador arrependido", agora, a escolha é tua, porém, não se esqueça de que a tua escolha valerá para a eternidade.

Tome posse da benção, Jesus morreu na cruz para que todos sejam libertos do pecado, Ele destruiu a inimizade que havia entre as pessoas e Deus (Efésios 2.14-16).

Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando o SENHOR, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e apegando-te a ELE; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade... Deuteronômio 30.19-20.  

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 31.10.2010 - noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Familiar

·Estudo 07 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 06 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 05 - Salvação - O que significa salvação na Bíblia
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.043 segundos