Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
NUNCA MAIS ANDARÁS VAGUEANDO - Jeremias 4.1-4 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Andar vagueando é andar errante, sem saber por onde anda nem para onde vai, por fora da benção.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 3.52Mb)

 

O povo de Deus havia andado vagueando no deserto por 40 anos, devido a sua rebeldia e dureza de coração, agora estava vagueando espiritualmente e prestes a vaguear em terra longínqua, como escravos na Babilônia.

Proclamai isto às nações, fazei-o ouvir contra Jerusalém: De uma terra longínqua vêm sitiadores e levantam a voz contra as cidades de Judá. Como os guardas de um campo, eles cercam Jerusalém, porque ela se rebelou contra Mim, diz o SENHOR. O teu proceder e as tuas obras fizeram vir sobre ti estas coisas; a tua calamidade, que é amarga, atinge até o próprio coração. Ah! Meu coração! Meu coração! Eu me contorço em dores. Oh! As paredes do meu coração! Meu coração se agita! Não posso calar-me, porque ouves, ó minha alma, o som da trombeta, o alarido de guerra - Jeremias 4.16-19

Nunca mais andarás vagueando, se...

01. Se removeres as tuas abominações

Abominação é aquilo que causa repulsa a Deus, atitude que é execrável, detestável.

Se voltares, ó Israel, diz o SENHOR, volta para Mim; se removeres as tuas abominações de diante de mim, não mais andarás vagueando.

O que havia no comportamento daquele povo que Deus tanto detestava? - Falta de amor, rebeldia aos Mandamentos de Deus, idolatrias, hipocrisia, religiosidade, prostituição, não viviam a verdadeira comunhão com Deus e com os irmãos.

Mas Jesus lhes disse: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece o vosso coração; pois aquilo que é elevado entre homens é abominação diante de Deus. A Lei e os Profetas vigoraram até João; desde esse tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem se esforça por entrar nele. E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til sequer da Lei - Lucas 16.15-17.

Se removeres as tuas abominações, nunca mais andarás vagueando!         

02. Se jurares pela Vida do SENHOR

Jurar, no sentido Bíblico, é o ato de prometer, fazer voto ou afirmar solenemente, tomando por testemunha o próprio Deus.

Se jurares pela Vida do SENHOR, em verdade, em juízo e em justiça, então, Nele serão benditas as nações e Nele se glorificarão.

É Mandamento de Deus que não jures em vão, então por que Deus manda jurar pela Vida Dele? - Jurar pela Vida de Deus é uma atitude de submissão e dependência de Deus, só os rebeldes juram em vão.

É muito comum, na Bíblia, a expressão "tão certo como vive o SENHOR Deus" para fazer as pessoas entenderem que tal coisa procede de Deus ou é da vontade de Deus, isto é jurar corretamente.

Embora digam: Tão certo como vive o SENHOR, certamente, juram falso.  Ah! SENHOR, não é para a fidelidade que atentam os teus olhos? Tu os feriste, e não lhes doeu; consumiste-os, e não quiseram receber a disciplina; endureceram o rosto mais do que uma rocha; não quiseram voltar - Jeremias 5.2-3.          

Se jurares pela Vida do SENHOR, nunca mais andarás vagueando!

03. Se não semeares entre espinhos

A semeadura é feita pelo agricultor e o seu sucesso estará intimamente ligado ao cuidado que dedicar na hora de semear, ou seja, se preparar bem o solo obterá sucesso, porém, se lançar as sementes entre espinhos será um fracasso.

Lavrai para vós outros campo novo e não semeeis entre espinhos. Circuncidai-vos para o SENHOR, circuncidai o vosso coração (alma/mente)... para que o meu furor não saia como fogo e arda, e não haja quem o apague, por causa da malícia das vossas obras.

A semente é a Palavra de Deus e o campo é alma/cérebro do ser humano, mas acontece que aquele povo estava com sua cabeça cheia de coisas abomináveis, detestáveis a Deus e queriam receber os Seus favores; daí a ordem "Lavrai para vós outros campo novo e não semeeis entre espinhos.

Aquele povo acreditava e vivia dentro de uma grande "lixeira espiritual", praticavam cultos detestáveis a Deus, como idolatrias (Colossenses 3.5), necromancia (1º Samuel 28.8) e até acreditavam em reencarnação (Hebreus 9.27).

Se não semeares entre espinhos, nunca mais andarás vagueando!          

Conclusão

Lava o teu coração da malícia, ó Jerusalém, para que sejas salva! Até quando hospedarás contigo os teus maus pensamentos? - v.14.

Aquele povo se dizia de Deus, mas vivia atolado no lamaçal do paganismo. E hoje, a situação da Igreja está melhor ou pior; e a situação do Crente?

Aquele povo ouvia a voz profética, mas não obedecia e acabaram vagueando em terras distantes, como escravos na Babilônia. Babilônia é sinônimo espiritual de domínio do pecado e prostituição, é o império das trevas em ação.

NUNCA MAIS ANDARÁS VAGUEANDO!

Se removeres as tuas abominações.

Se jurares pela Vida do SENHOR, isto é, se andares na verdade, no Juízo e na Justiça de Deus.

Se não semeares entre espinhos.

Que o SENHOR tenha misericórdia de ti e te dê a Paz de Cristo.

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Família Abençoada -18.10.2009 -noite.

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Masculino

·Razões para não cairmos na ansiedade
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.026 segundos