Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
EU SOU - João 14.1-6 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Na Velha Aliança ou Antigo Testamento, Deus habitava no meio do povo através do Tabernáculo, mas, chegou o tempo em que o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de Graça e de Verdade, e vimos a sua Glória, Glória como do Unigênito do Pai.

Deus apresentou-se como homem na pessoa de Jesus, e João Batista anunciou e confessou essa Verdade: Viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! - João 1.29.

Deus, na pessoa de Jesus, concedeu oportunidade de livre acesso a Sua Presença:  Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o Caminho, e a Verdade, e a Vida; ninguém vem ao Pai senão por Mim - João 14.6.

01. Eu Sou o caminho - Átrio

No Antigo Testamento, tempo de Moisés, só havia um Caminho que reconduzia os pecadores a Deus, o Atrio. Ali, um sacerdote, purificado na Bacia de Bronze, recebia o pecador e sua oferta pelo pecado. 

A primeira coisa vista, pelo pecador arrependido, era o Altar de Bronze, onde eram queimados os sacrifícios ou holocaustos pelo pecado.

O Altar de Holocaustos simbolizava a cruz do Calvário. No Altar acontecia a morte de animais em vez de morrerem os pecadores; na cruz do Calvário aconteceu  a morte do Cordeiro de Deus em vez de serem crucificados os pecadores. Hb - 9.15 - 22; Hb 10.1-10

Jesus é o Caminho para o Céu, pela morte substitutiva, pois, sendo que um animal morria em lugar do pecador, Jesus morreu na cruz por todos os pecadores. 
        No Atrio, também, encontramos a Bacia de Bronze ou lavatório, simbolizando a purificação e a santificação dos pecadores. O Sumo Sacerdote só poderia passar pelo Santo Lugar e entrar no Santíssimo, levando sangue e estando purificado com a água da Bacia de Bronze (Hb 10.19-22 ; Jo 15.3).

Então, o Atrio  aponta para o Sacrifício de Jesus e se nos identificarmos com o Cordeiro de Deus crucificado, teremos o perdão dos pecados, seremos purificados pela Sua Palavra e estaremos crescendo na santificação, com passos certos no Caminho da Vida eterna.

02. Eu Sou a verdade - Santo Lugar

No Santo Lugar, a primeira coisa vista pelos sacerdotes era a Mesa da Proposição, de ouro puro, apontando para Cristo como a Verdade  que restaura a nossa comunhão com Deus e Sua Igreja, mas, também, é a nossa provisão ( Jo 6.35-38 e 48-58)

A seguir, virando-se, estavam de frente para o Candelabro de ouro puro, apontando para Cristo como a Verdadeira luz do mundo (mundo significa trevas - 1 João 5.19). João 8.12 afirma que se andarmos na Luz de Jesus não andaremos nas trevas e passaremos a ser luz para o mundo  (Mateus 5.14-16).       

No Santo Lugar, ainda acontece algo tremendo, é o momento de queimar incenso no Altar de Ouro puro, simbolizando a intercessão de Cristo: 1 João 2.1  Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo.  (intercessão de Jesus Hb - 7.25; Rm - 8.34)

Vemos que Jesus é a Verdade que conduz os convertidos à comunhão com Deus Pai e com a Igreja; que o mundo está nas trevas, mas, seguindo ao SENHOR Jesus teremos a Verdadeira Luz; e que se pecarmos, Jesus está a interceder por nós junto ao Pai.

3. Eu Sou a vida - santíssimo lugar ou Santo dos santos

O Sumo Sacerdote, para chegar na presença de Deus, no Santíssimo, necessariamente teria que passar pelo átrio, lugar de perdão e purificação; pelo Santo Lugar, onde exercia a comunhão com Deus, com os demais sacerdote e intercedia por si e pelos outros; finalmente, atravessava uma cortina para entrar no Santíssimo Lugar, onde habitava o próprio Deus, a Vida.

Arca da Aliança, que era toda de ouro puro, continha no seu interior as tábuas da Lei, a vara de Arão que floresceu e uma urna de Maná; e era fechada com uma tampa, também, feita de ouro puro,  com dois querubins, formando uma peça única, chamada propiciatório. A Arca simbolizava a presença e a Justiça do Deus que faz alianças com Seu Povo.

A vida do Sumo Sacerdote e de todo o Povo de Deus era preservada mediante a oferta do sangue de animais perfeitos e puros.  O Sangue do sacrifício era a aspergido, pelo Sumo Sacerdote, no propiciatório como oferta para remissão dos pecados do povo (Mateus 1.21). É através do sangue de Cristo que somos perdoados dos nossos pecados, pois, Cristo é a nossa propiciação.

Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados - 1 João 4.10.

Era sobre o propiciatório que Deus manifestava a Sua Glória. Isto significa que através do Seu Filho - o maior e mais perfeito Tabernáculo - e do Seu sacrifício, Deus revela-se ao homem - Hebreus 9.11-14 e 23-25

 Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado - 1Jo 1.7.

Conclusão

 A expressão "ninguém vem ao Pai senão por Mim", indica a eternidade de Jesus, pois, Ele e o Pai são um; Ele sempre esteve no Pai e o Pai Nele.

 Muitos falsos Cristos afirmam, eu sou isto, eu sou aquilo, mas somente Jesus que recebeu toda a autoridade pode afirmar: Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida; ninguém vem ao Pai senão por Mim.

 Jesus cumpriu a Lei e os Profetas, basta obedecermos a tudo o que Ele manda para recebermos a Salvação.

 Confesse a Jesus como SENHOR, creia que Deus O ressuscitou dentre os mortos, e serás salvo (Romanos 10.9-10)

            Pr. Paulino Cordeiro - 23.11.2008 - noite

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Familiar

·Estudo 07 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 06 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 05 - Salvação - O que significa salvação na Bíblia
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.027 segundos