Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
UNIDADE NA VERDADE – João 17.20-21 (1-26) (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

A Unidade na Verdade é libertadora, edifica, dá forças e impulsiona o ser humano para o bem (João 8.31-32).

O ser humano, com muitos erros e acertos, tem buscado a unidade em todos os segmentos de sua vida, até a chamada "globalização" tem sido uma tentativa de unidade, mas tudo tem falhado porque falta a Verdade Divina no comando.

Jesus, na Sua poderosa Oração de Intercessão, eleva Sua voz a Deus, com gratidão pelo tempo passado, com fé e humildade no momento presente; com a certeza de que no futuro, Ele e Sua Igreja, não ficarão desamparados.

Vemos que a base sustentadora de Jesus era a Sua unidade na Verdade, com Deus Pai e com os Seus discípulos.

1. Unidade dos Crentes - v.20-21a

Deus sempre quis ter o Seu Povo unido e obediente às Suas Leis. O Povo de Deus foi escravo no Egito, mas eram conhecidos pela sua unidade e fidelidade ao único Deus; andaram errantes pelo deserto, mas Deus habitava no meio deles; entraram na terra prometida e lá estava Deus com eles; ali passaram a cometer muitos erros e Deus mandou Seu próprio Filho para restaurar a unidade (João 3.16).

Agora Jesus intercede: Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua Palavra; a fim de que todos sejam um... para que o mundo creia que Tu Me enviaste.

A unidade dos Crentes tem um propósito: Para que o mundo creia que Jesus é o Salvador enviado por Deus.

E como andar em unidade? Só há um jeito, Cristo sendo o centro dos nossos interesses e obedecendo a Ele.

2. Unidade de Jesus com o Deus Pai - v.21b

Jesus viveu, como homem ungido de Deus, ensinando tudo a respeito da unidade com o Pai, pois certa vez afirmou: Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? - João 14.9.

... e como és Tu, ó Pai, em Mim e Eu em Ti, também sejam eles en nós; para que o mundo creia que Tu Me enviaste.

Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em Mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo. Tendo Jesus falado estas coisas, levantou os olhos ao céu e disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a Teu Filho, para que o Filho Te glorifique a Ti,   assim como Lhe conferiste autoridade sobre toda a carne, a fim de que Ele conceda a vida eterna a todos os que Lhe deste. E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que Me confiaste para fazer; e, agora, glorifica-Me, ó Pai, Contigo mesmo, com a glória que Eu tive junto de Ti, antes que houvesse mundo - João 16.33-17.5.

A unidade dos Crentes é para que as pessoas creiam que Deus enviou Seu Filho, Jesus, como Salvador do mundo.

3. Unidade dos Crentes com o Pai e com o Filho - v.21

A fim de que todos sejam um; e como és Tu, ó Pai, em Mim e Eu em Ti, também sejam eles em Nós; para que o mundo creia que Tu Me enviaste.

v.22- Na unidade manifesta-se a glória de Deus.

v.23- Na unidade os Crentes são aperfeiçoados para que o mundo conheça que Jesus é o Salvador enviado por Deus Pai.

v.24- Na unidade, ocuparemos nosso lugar, com o Pai e Jesus, no Céu. É na unidade que fazemos a vontade de Jesus.

v.25- Na unidade compreendemos a missão de Jesus.

v.26- Na unidade conhecemos a Deus e Seu amor permanece em nós.

Porque Jesus não citou o Espírito Santo? Ele está orando por pessoas convertidas e que virão a converterem-se, portanto, pessoas que são templos do Espírito Santo (Romanos 8.9; 1Corintios 3.16).

Conclusão                           

A Unidade na Verdade é vida abundante, é certeza de vitória, pois, temos a Palavra de Deus que separa-nos do mundo (v.14 e 16); somos guardados por Deus (v.15); santificados na Verdade (v.17); somos enviados ao mundo como mensageiros da Salvação (v.18, Marcos 16.15-16); temos o favor da santidade de Jesus para sermos santificados na verdade (v.19).

Que Deus tenha misericórdia de nós, Sua Igreja, e que multidões possam tomar posse desta oração intercessória de Jesus para estarmos eternamente com Deus Pai.

Pai santifica a Família Abençoada na Verdade, a Tua Palavra é a Verdade.

Pr. Paulino Cordeiro - 19.10.2008 - noite

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse do Casal

·Curso Família Abençoada
·Lençol Sujo
·Inteligência Sobrenatural - Fé
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.029 segundos