Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
O ENTENDIMENTO DO CRENTE – HB 13.5-18 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Deus fez o ser humano inteligente, ou seja, com capacidade para conhecer fatos e situações, entender, discernir e tomar uma decisão. 

Entender as mais diversas situações e conflitos da vida é uma qualidade pertinente, exclusivamente, ao ser humano, caso contrário, andaríamos iguais a todos os demais animais, por instinto.

Deus deixou a Bíblia, como regra de fé e conduta, para que possamos ter nosso coração/entendimento firmado nos princípios de autoridade que conduzem à Vida Eterna.

Como anda o nosso entendimento?

Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque Ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?- v.5-6.

01. Entendendo, o que é bom, imita e faz - v. 7-9.

A Bíblia toda está recheada de experiências boas e ruins para abrirem o nosso entendimento. Quando entendemos, certos ou errados, podemos tomar decisões. Nossos irmãos na fé, descritos na Bíblia, têm suas vidas expostas, com seus erros e acertos, como testemunhas vivas para o nosso bem.

Precisamos considerar todos os bons exemplos relatados e imitá-los, para que não sejamos levados por ventos e modismos de doutrinas fora da Bíblia - v.7 e 9.

Jesus e sua Doutrina são imutáveis (v.8), por isto é que devemos estar sempre com os olhos fitos neste Mestre, imitando para não errarmos (Lucas 9.23).

Disse Jesus: Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão - Mateus 24.35.

Não deixemos doutrinas falsas e novas minarem o nosso entendimento, andemos confirmados na Graça (Mt 11.12), pois os alimentos Deus vai acrescentando (Mt 6.33).

02. Entendendo a Salvação, santifica-se - v. 10-13

Na Velha Aliança, animais puros e inocentes eram separados para que seu sangue fosse apresentado no Santo dos Santos como oferta pelos pecados do povo, porém, seus corpos não podiam ser comidos, eram queimados fora, no deserto.

Jesus, o Cordeiro puro e imaculado, como sacrifício, morreu fora do Tabernáculo, mas Ele mesmo, como Sumo Sacerdote das nossas vidas, entrou no Tabernáculo Celestial com o Seu próprio Sangue, uma única vez, para nos purificar de todo o pecado.

Devemos ser santos como Jesus (1ª Pedro 1.16) e sairmos testemunhando, para que muitos recebam a Salvação de Deus Pai, em Jesus, o Cristo.

03. Entendendo a situação, ganha visão futurista - v.14

A situação terrena é passageira e cheia de ilusões. Não podemos firmar o nosso entendimento nas coisas da terra, pois, se em Jesus estamos assentados nos lugares Celestiais (Efésios 2.4-6), então, devemos firmar nosso entendimento e nossa visão além da terra, no Céu (Apocalipse 21.1-4).

04. Entendendo, frutifica para o bem - v.15-16

A Doutrina Apostólica, logo após Jesus voltar para o lado do Pai, era a marca visível da Igreja, pois os Crentes viviam em Koinonia, que quer dizer, viviam associados para o bem.

Frutificar para o bem é fazer aquilo que é correto segundo a Palavra de Deus, sempre em mútua cooperação, na Santa Comunhão, como Corpo de Cristo.

Quem entende a Salvação de Deus, em Cristo, sempre apresenta o fruto da confissão Redentora e Libertadora, no Sangue de Jesus, e sua vida é um hino de louvor a Deus.

05. Entendendo, obedece às autoridades - v.17

Quem entende os princípios da Palavra de Deus é respeitador às autoridades.

Quem entende os princípios da Palavra de Deus é obediente aos seus pastores, pois os verdadeiros pastores estão sempre atentos, aproveitando oportunidades para abrir o entendimento das ovelhas.

Entenda que você só deverá exigir esforço do teu pastor quando ele tiver que te carregar nas costas (se quebrar as "pernas"), fora disto, seja uma ovelha submissa, aproveite os alimentos da Doutrina Apostólica e o Rio da Vida, indicados para a tua saúde espiritual.

Ovelha que não obedece, causa dores ao seu pastor e tristezas ao SENHOR Jesus.

Seja motivo de alegrias, viva em submissão e obediência, conforme a Palavra de Deus, o lucro será só teu.

Conclusão

Entendimento, um sonho de Deus para todos os povos; um sonho de cada pastor para cada ovelha.

Aproveitem este sonho de Deus, lindo e verdadeiro, abram o seu entendimento para o Reino de Deus, purifiquem suas obras e seus pensamentos (Tiago 4.8), pois, somente os puros de entendimento verão a Deus       (Mateus 5.8).

Ora, o intuito da presente admoestação visa ao amor que procede de coração/entendimento puro, e de consciência (entendimento) boa, e de fé sem hipocrisia - 1ª Timóteo 15.

Pr. Paulino Cordeiro - 22.06.2008 - noite

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Jovem

·Vais aceitar o conselho?
·Não é engraçado?
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.029 segundos