Comunidade Evangélica Família Abençoada - CEFA  Pastores Paulino e Roseli Cordeiro
 Seja bem-vindo!Interesses |10 Mais | Buscar em  
 
CEFA
Quem somos?
Origem
Destino
Valores
Contato e Localização
Programação
 

 
Pastorais
Mensagens
Conselhos do Pastor
Estudos
Cuidados espirituais
Testemunhos
Sermões
 

 
Atividades
Cultos
Curso Para Casais
Grupos Familiares
Discipulado
Outras
 

 
Interesses
Feminino
Masculino
Jovem
Casamento
Infantil
Comunhão
Filhos
Família
 

  
 
 

 
UM CEGO COM VISÃO - Marcos 10.46-52 (Pr. Paulino Cordeiro)
Sermão
Interesse de Comunhão

Muitas vezes já ouvimos dizer que "a pior cegueira é a espiritual", e é verdade, pois este cego de Jericó testifica que era um  cego fisicamente mas tinha excelente visão espiritual. 

Este milagre aconteceu nos dias que antecediam aos preparativos da celebração da Páscoa, pois, todos os Judeus com idade superior a doze anos eram obrigados a estarem no Templo em Jerusalém para essa festa.

Pelo comportamento do cego Bartimeu, notamos o seu elevado entendimento espiritual, pois, assentou-se estrategicamente à beira do caminho, sabia exatamente quem por ali passaria e "ouvindo que era Jesus, o Nazareno, pôs-se a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!

01.   Quem tem visão espiritual reconhece a autoridade de Jesus

Bartimeu, ouvindo que era Jesus, o Nazareno, pôs-se a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!

Há séculos, os Judeus, vinham esperando a vinda do Messias Salvador que seria um grande Rei, o "Filho de David" e Bartimeu ali estava à beira da estrada, cego dos olhos, mas com excelente visão espiritual, pois soube identificar que o Messias Prometido estava naquele lugar.

Bartimeu era cego, mas ouvindo que era Jesus, o Nazareno, pôs-se a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!

Esta declaração foi uma profunda atitude de fé, pois, Bartimeu soube identificar que Jesus não era um falso messias. Ao chamar Jesus de Filho de Davi, Bartimeu estava confessando que somente Jesus era Soberano e tinha Poder para salvar tanto da cegueira física como para a vida eterna. 

E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim! - v.48.

Bartimeu não se acovardou, ouviu que era Jesus, creu com seu entendimento e confessou publicamente a sua fé (Romanos 10.9-10) e teve a sua vida transformada.     

02.   Quem tem visão espiritual sabe que só Jesus pode curar - v. 47-48

Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!   

Filho de Davi, tem misericórdia de mim! 

Bartimeu era um excluído, pobre e miserável, ao exclamar tem misericórdia de mim, tem compaixão de mim, estava reconhecendo que somente Jesus,o Filho de Deus, poderia curá-lo. Ele era um excluído e nenhuma autoridade espiritual de Israel teria poder ou iniciativa para curá-lo daquela miséria. É nesse contexto que Bartimeu apela para que Jesus veja a sua miséria com os olhos do coração.

Misericórdia e compaixão transmitem a idéia de sentir dor no coração ao ver a miséria dos outros. É aí que podemos compreender a visão espiritual de Bartimeu, como poderia saber que Jesus daria um fim às suas dores e misérias?

A expressão Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Revela um verdadeiro crente, um cego com visão espiritual.

Para recebermos a Cura Divina precisamos clamar pela misericórdia de Jesus; reconhecer que somos miseráveis, sem nenhum poder, que Jesus cura e declarar isto publicamente, mesmo que o mundo mande que calemos.

03.   Quem tem visão espiritual busca o Poder de Jesus

Lançando de si a capa, levantou-se de um salto e foi ter com Jesus - v.51.

Certa vez Jesus disse que o Reino de Deus é tomado por esforço e os que se esforçam se apoderam dele (Mateus 11.12). Bartimeu, que lição de vida, levantou-se de um salto, grande esforço, nem sequer pediu uma mãozinha, foi ter com Jesus, Médico dos médicos (Lucas 5.31).

Bartimeu era cego fisicamente, mas tinha uma visão espiritual muito apurada a respeito do Mestre Jesus e a respeito da sua situação. Diferentemente do paralítico de Betesda (João 5), que só murmurava e buscava a esmola, Bartimeu buscou o Poder de Jesus.

Perguntou-lhe Jesus: Que queres que eu te faça? Respondeu o cego: Mestre, que eu torne a ver.

Bartimeu vivia de esmolas, mas não se conformou com esta situação humilhante, ao ser questionado por Jesus: Que queres que eu te faça?  ousou pedir a grande misericórdia: Mestre, que eu torne a ver. 

Muitos crentes ainda estão murmurando e pedindo esmolas como o doente do tanque de Betesda (João 5.5-7). Jesus não veio para dar esmolas, veio para buscar e salvar o perdido (Lucas 19.10), muitos apenas querem alívio para as suas dores, não querem tornar à saúde, não querem abandonar o pecado, apenas querem alívio para as conseqüências do pecado.

Conclusão

Você quer ver milagres na tua vida? reconheça que somente Jesus tem poder e misericórdia para curar toda a miséria que escraviza e atormenta.

Bartimeu tinha uma deficiência física, a cegueira, mas tinha uma excelente visão espiritual, buscou ao Mestre Jesus para curá-lo e libertá-lo daquela escravidão. Ele ousou desafiar os que se julgam perfeitos, confessou publicamente a sua miséria e recebeu a Graça de Deus em Cristo Jesus.

Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, Ele te chama - v.49.

Continue clamando a Deus, busque e confesse a Jesus publicamente, obedeça à Palavra, se esforce que brevemente toda a humilhação será retirada.   

Pr. Paulino Cordeiro - 02.03.2008 - noite

 

 
Links relacionados
· Mais sobre Interesse de Comunhão
· Notícias por paulino


Mais lidos: Interesse de Comunhão:
A IMPORTÂNCIA DA CEIA DO SENHOR - Marcos 14.22-26 (Pr. Paulino Cordeiro)

 

 
Opções

 Imprimir  Imprimir

 Enviar para alguém  Enviar para alguém

 

 
Hoje!
Não há histórias publicadas hoje.
 

 
Clique!









 

 
Já leu?

Interesse Familiar

·Estudo 07 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 06 - Salvação - O que significa Salvação na Bíblia
·Estudo 05 - Salvação - O que significa salvação na Bíblia
 

Certificado de registro da marca processo n.: 904102963
Todas as mensagens devem citar a fonte. Fale conosco antes de divulgar.
(41)3078-7940 / 8418-2586 cefa@familiaabencoada.org.br

Site baseado no software livre PHP-Nuke - Tempo para gerar esta página: 0.024 segundos