RESPONSABILIDADES – Efésios 5.22-33

| 24-02-2016

Podemos dizer que no exercício da responsabilidade colocamos em ação uma lei imutável de respondermos pelos resultados das nossas obras, sejam boas ou ruins.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de Mb 4.9).

O apóstolo Paulo faz uma analogia entre o casamento e o corpo de Cristo para exortar a Igreja sobre suas responsabilidades; todavia quero ressaltar que em se tratando de responsabilidades sempre há algum tipo de casamento com o que é bom ou com o que mau. 

01. Da Esposa

Esposas responsáveis...

As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido...

Também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido...

Sejam submissas: trata-se de uma sujeição apoiada no amor recíproco; o entendimento se amplia nos versículos 25-33, apontando para Cristo e a Igreja.

Ninguém escapa de ter que sujeitar-se a alguém, por mais elevada que seja a sua autoridade, até presidentes e reis têm que prestar contas aos diversos "políticos", ao povo e principalmente a Deus, portanto não é estranho Deus ter colocado a mulher submissa ao marido e ambos a Cristo.

Quando a esposa é submissa há equilíbrio no lar, filhos são bem educados e recebem bom caráter. Uma esposa submissa torna-se um poderoso instrumento de Deus para manter a ordem na família e na sociedade.        

02. Do Esposo

O marido tem a valiosa responsabilidade de ser cabeça na condução da esposa e de todas as coisas ligadas a família.

O marido é o cabeça da mulher...

Maridos, amai vossa mulher...

Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama. Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida, como também Cristo o faz com a Igreja.

O padrão de responsabilidade do esposo com sua esposa deve ser como também Cristo o faz com a Igreja, a alimenta e dela cuida.

03. Da Igreja

Assim como a esposa deve ser submissa, a Igreja tem a responsabilidade de ser submissa a Jesus para que haja ordem no Corpo de Cristo.

As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido.

Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo...

O mistério de Gênesis 2.24 aqui fica revelado: Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.

Deus criou a primeira família e ordenou que houvesse unidade, o mesmo princípio de unidade para manter a ordem entre Deus e seu povo. O princípio para manter a ordem na Igreja é a submissão a Deus e sua Palavra. A vitória vem pela submissão (Tiago 4.7).

04. Do Senhor Jesus

A responsabilidade do Senhor Jesus é tremenda, Ele é o único salvador, somente Ele sustenta a Igreja, sua esposa.

Também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo.

Está perdido quem não se sujeita a Cristo no governo de sua vida, pois, somente Ele pode salvar o corpo.

Também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para a apresentar a si mesmo Igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.

Desde os tempos mais antigos a noiva recebe um tratamento especial, uma limpeza completa, para ser entregue ao seu noivo; agora vemos que o próprio noivo, Jesus, é quem prepara a noiva banhando-a na Palavra salvadora, para a apresentar a si mesmo Igreja gloriosa.

Disse Jesus aos seus seguidores: Vós já estais limpos pela Palavra que vos tenho falado - João 15.3.

Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida, como também Cristo o faz com a igreja; porque somos membros do seu corpo.

O mistério já está revelado, Cristo já colocou à disposição da Igreja uma limpeza completa, pela Palavra, para fazer da noiva a sua esposa submissa, obediente.

Conclusão

Eis por que deixará o homem a seu pai e a sua mãe e se unirá à sua mulher, e se tornarão os dois uma só carne. Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja. Não obstante, vós, cada um de per si também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido - Efésios 5.31-33.

Gênesis 2.24 recebe uma Divina revelação ao ser entendido como o relacionamento entre Cristo e a igreja, que por sua vez é o perfeito modelo da relação entre o marido e esposa.

Eis uma bela exortação de Tiago, irmão de Jesus, quanto as responsabilidades das pessoas: Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna. E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos. Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da fé - Gálatas 6.7-10.

Como você tem agido no exercício das responsabilidades?

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 21.02.2016 - manhã.