A SITUAÇÃO DA HUMANIDADE – Efésios 2.11-22

| 25-12-2015

Vivemos tempos difíceis, pois, toda a criação geme e suporta angustias com a humanidade, esperando a grande libertação de Deus no dia do juízo final (Romanos 8.22-23).

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de Mb 4.2).

A situação do Planeta Terra é drástica, vemos a corrupção atingindo todas as áreas da natureza. O povo de Deus é um povo feliz, mas é tempo de gemer por nós, pelas outras pessoas e pela natueza. Precisamos viver com discernimento para não sorrir demais nem gemer de menos.

É neste contexto que o Deus Criador envia seu Filho, Jesus Cristo, para mudar a nossa sorte, oferecendo vida abundante no presente e uma viva esperança para o futuro.

01.    Sem Cristo - Separados da Igreja e sem esperança

Portanto, lembrai-vos que outrora vós, gentios na carne, chamam circuncisão, feita pela mão dos homens, estáveis naquele tempo sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos pactos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo - Efésios 2.11-22.

02.    Em Cristo - Um só corpo

Os estrangeiros eram considerados indignos para Deus, não tinham acesso aos locais de adoração, ficavam separados do povo de Israel.

Mas agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. Porque Ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos contidos em ordenanças, para criar, em si mesmo, dos dois um novo homem, assim fazendo a paz, e pela cruz reconciliar ambos com Deus em um só corpo, tendo por ela matado a inimizade; e, vindo, ele evangelizou paz a vós que estáveis longe, e paz aos que estavam perto; porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito - Efésios 2.13-18.

Jesus é o Príncipe da Paz (Isaías 9.6-7), Ele veio desfazer a inimizade que separa de Deus e criar a Igreja única, chamada Corpo de Cristo. Sendo o Príncipe da Paz Ele é o único que tem poder para reconciliar as nações com Deus e estabelecer a Paz em cada vida. O metodo é simples, exige unidade, um só corpo, sendo o próprio Cristo a Cabeça deste corpo que é a Igreja.

03.    Em Cristo - Templo Santo - Morada de Deus

Em Cristo a situação muda, das trevas ressurge para a luz de Cristo (João 8.12); de casa abandonada passa a ser Templo Santo e Morada de Deus; de forasteiro passa a ser concidadão dos santos e membro da Família de Deus.

Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus,  edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito - Efésios 2.19-22.

Em Cristo, tudo muda para uma excelente situação: Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo - 2ª Co 5.17.       

Conclusão

O apostolo Paulo escreveu esta carta falando de uma separação que havia entre o povo de Deus (Israel), que eram "os salvos" e os estrangeiros que eram as "ovelhas desgarradas" e distantes de Deus. Mas Deus sendo rico em misericórdia, manda o seu Filho Jesus Cristo para firmar uma nova aliança e libertar com o seu precioso sangue, anulando as diferenças impostas pela Lei. 

Agora, quem está em Cristo nova criatura é, não importando sua nacionalidade, pois, todos os que aceitam a salvação de Deus em Cristo passam a pertencer únicamente ao Reino de Deus.

Outrora, no passado sem Cristo: Separados da Igreja e sem esperança.

Mas agora em Cristo: Um só corpo - Templo Santo - Morada de Deus.

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 20.12.2015 - manhã.