CONFIANÇA EXIGE – Provérbio 3.1-12

| 01-02-2013

Confiança é um derivado da fé, pois, quem tem fé crê e confia. Confiança resulta em segurança devido ao bom conceito que se faz de alguém. Qual é o teu conceito sobre Deus?

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 - (tamanho de 5.7mb).

Quando cremos e confiamos somos produtivos e vivemos em paz conosco, com as pessoas e com Deus. O contrário, que é a desconfiança, também produz seus resultados que são contraproducentes e destruidores.

Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia NELE, e o mais Ele fará. Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia. - Salmo 37.5-6.

A confiança é generosa, derrama a multiforme Graça de Deus, mas é exigente.

01. Exige memorizar e obedecer à Palavra de Deus - v.1-2 e 8

Filho meu, não te esqueças dos meus Ensinos, e o teu coração guarde os meus mandamentos; porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz.

Todas as pessoas "boas da cabeça" desejam vida longa com paz e prosperidade, mas Deus exige conhecer e obedecer à Palavra para que a benção seja derramada. Obedecer aos Mandamentos de Deus fortalece o corpo e aumenta os dias de vida.

Pv 9.6 e 11: Deixai os insensatos e vivei; andai pelo caminho do entendimento. Porque por mim se multiplicam os teus dias, e anos de vida se te acrescentarão.

02. Exige lealdade e fidelidade a Deus - v.3-4

Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao pescoço; escreve-as na tábua do teu coração e acharás Graça e boa compreensão diante de Deus e dos homens.

No sentido mais profundo "não te desamparem a benignidade e a fidelidade" quer dizer "não deixe de ser leal e verdadeiro"; portanto, se assim agirmos teremos o favor de Deus e das pessoas justas.

A sabedoria de Deus deve tomar conta de nossa mente para que nossa conduta seja sempre agradável ao nosso criador (Dt 6.6-9; Pv 6.21; 7.3; Jr 31.33).

03. Exige não confiar na sabedoria humana - v.5-8

Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-O em todos os teus caminhos, e Ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.

Coração, na linguagem antiga, é sinônimo de cérebro e inteligência. Então, a recomendação é que apenas confiemos no SENHOR, negando toda a suficiência humana; em resumo, intelectualidades e diplomas não levam pessoa alguma para o Céu.

Pv 3.21-23: Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos; guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso; porque serão vida para a tua alma e adorno ao teu pescoço. Então, andarás seguro no teu caminho, e não tropeçará o teu pé.

A sabedoria que salva é confiar em Deus, pois a pessoa vaidosa acha-se sabia aos seus próprios olhos e arranja muitas confusões. O Temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; assim agindo, estarás separado de todo o mal e de todas as pessoas más, será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.  Rm 12.16: Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde; não sejais sábios aos vossos próprios olhos.

04. Exige dar a Deus o que é de Deus - v.9-10

Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.

Se alguém confia em Deus, então deverá honrá-LO no modo de utilizar todos os bens materiais, mas não fica só nisto, exige honrá-LO com as primícias de tudo o que ganha, pois é mandamento (Malaquias 3.6-12; Mateus 6.23).

Quem confia obedece e experimenta a prosperidade do Reino de Deus.

A fidelidade para com Deus é fonte de prosperidade: Marcos 12.17: Disse-lhes, então, Jesus: Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. E muito se admiraram dele.

05. Exige não rejeitar a correção aplicada por Deus - v.11-12

Filho meu, não rejeites a disciplina do SENHOR, nem te enfades da sua repreensão. Porque o SENHOR repreende a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem.

Quem confia aceita ser disciplinado, mesmo que doa, pois é a demonstração do amor do Pai para que não tenha prejuízo maior ou venha a cair na perdição eterna.

Dt 8.5: Sabe, pois, no teu coração, que, como um homem disciplina a seu filho, assim te disciplina o SENHOR, teu Deus (Ap 3.19).

Esta é uma advertência contra a idéia de que os justos sempre gozam de prosperidade, quando Deus repreende ou prova, o justo deve discernir a ação educativa do Senhor.

Conclusão

Para que a tua confiança esteja no SENHOR, quero dar-te hoje a instrução, a ti mesmo - Provérbio 22.19.

Todas as pessoas querem Deus como Pai, mas temos aprendido, pela Bíblia, que filho é somente aquela pessoa que confessa a Jesus como SENHOR e Salvador (Romanos 10.9-10).

Só confia em Deus quem já confessou a Jesus como SENHOR e Salvador, pois confiar é uma disposição gerada pelo poder do Espírito Santo, na alma do ser humano, por ter decidido ser Crente e Fiel.

Você confia em Deus ou pensa que confia?

Você é filho/a de Deus ou pensa que é? 

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - Sermão compartilhado em 31.08.2008 e 27.01.2013 - noite.