NÃO RECUSE A SALVAÇÃO - Hb 12.18-29

Pr. Paulino Cordeiro | 25-04-2011

O mundo material é frágil e transitório, povos têm sido abalados por recusarem a Salvação de Deus e por apegarem-se somente a existência material.

Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  (tamanho de 2.95mb).

Os povos do Antigo Testamento e a própria Nação de Israel e Judá foram abalados porque se promiscuíram espiritualmente e confiaram na força do braço para construir um mundo material sem a presença sobrenatural do Deus Criador.    

Esta grande comoção que se iniciou no Paraíso, se estendeu pelo deserto, destruiu a Nação exclusiva de Deus e mais tarde foi anunciada por Jesus; agora está para acontecer o abalo de todo o reino material, resta esperarmos o Grande Dia do "Juízo Final" para a restauração do Paraíso Celestial.

01. Grandes abalos desde o Monte Sinai, mas tendes chegado ao Monte Sião - v. 18-24

O Apóstolo Paulo estabelece um comparativo entre o acesso ao Monte Sinai (Velha Aliança) e ao Monte Sião (Nova Aliança).

Ora, não tendes chegado ao fogo palpável e ardente, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade, e ao clangor da trombeta, e ao som de palavras tais, que quantos o ouviram suplicaram que não se lhes falasse mais, pois já não suportavam o que lhes era ordenado: Até um animal, se tocar o monte, será apedrejado. Na verdade, de tal modo era horrível o espetáculo, que Moisés disse: Sinto-me aterrado e trêmulo!

Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus Vivo, à Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembléia e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados, e a Jesus, o Mediador da nova aliança, e ao sangue da aspersão que fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel.

O povo que foi liberto do Egito experimentou grande favor e poder de Deus; viu a Glória de Deus! Mas, não suportou viver na ordem e na dependência de Deus, viveu abalado e rebelado, tal foi a rebeldia que, daquela geração, entraram na Terra Prometida somente Josué e Caleb.

Uma nova geração, após 40 anos no deserto, entrou na terra prometida e, como não tiveram a oportunidade de adorar a Deus no Sinai, adoram ao Deus da sua vida no Monte Sião.

Vemos que o Apóstolo Paulo está falando de um remanescente fiel que alcançou a Graça da Salvação através de Jesus: Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus Vivo, à Jerusalém celestial,..., e a Jesus, o Mediador da nova aliança, e ao sangue da aspersão que fala coisas superiores...

Esse remanescente fiel, que é a Igreja do SENHOR, continua sua caminhada rumo à Jerusalém Celestial, apenas falta acontecer a segunda vinda de Jesus no dia do Juízo Final.

02. Tende cuidado, não recuseis ao que fala - v. 25-27

Tende cuidado, não recuseis ao que fala. Pois, se não escaparam aqueles que recusaram ouvir quem, divinamente, os advertia sobre a terra, muito menos nós, os que nos desviamos daquele que dos céus nos adverte. AQUELE, cuja voz abalou, então, a terra; agora, porém, ELE promete, dizendo: Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra, mas também o céu. Ora, esta palavra: Ainda uma vez por todas significa a remoção dessas coisas abaladas, como tinham sido feitas, para que as coisas que não são abaladas permaneçam.

Deus é amor, mas, é fiel e justo, portanto ELE não tolera a rebeldia, não recuse a Salvação de Deus. Pois, se não escaparam do Juízo de Deus aqueles se rebelaram na Velha Aliança, muito menos nós que fomos comprados pelo sangue de Jesus (1ª Pedro 1.17-19; Isaías 53.11-12; 1ª Coríntios 7.23; Atos 20.28).

Muitas pessoas, ignorantes da Palavra, se limitam a "achar" que Deus é sanguinário, como se fosse injusto. A rebeldia do ser humano, através dos tempos, do ponto de vista de Deus, só podia ser tratada com derramamento de sangue. Deus foi tão radical neste tratamento a ponto de entregar seu Filho Jesus para morrer na cruz no lugar dos pecadores ("João 3.16).

Deus, na sua perfeita justiça, promete remover o Monte Sinai, Monte Sião, toda a terra e o sistema estelar para que as coisas que não são abaladas permaneçam, ou seja, tudo deixará de esitir e permanecerá somente o Reino de Deus e sua Igreja.

Tende cuidado, não recuseis ao que fala. Pois, se não escaparam aqueles que recusaram ouvir quem, divinamente, os advertia sobre a terra, muito menos nós, os que nos desviamos daquele que dos céus nos adverte.

Tenha cuidado não recuse a Salvação de Deus!

Jesus voltará como justo juiz; todos serão julgados, tudo será abalado e restará apenas o inabalável Reino de Deus e sua Igreja.

03. Retenhamos a Graça - v. 28-29

Por isso, recebendo nós um Reino inabalável, retenhamos a Graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor.

Não recuse a Salvação, retenha a Graça!

Como reter a Graça?

Recebendo o inabalável Reino de Deus, Sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor.

Conclusão

Não recuse a salvação de Deus, como aquelas pessoas que se rebelaram e pereceram no deserto, como aquelas pessoas que tem se rebelado até aos dias atuais, pois, tudo será abalado, haverá grande comoção, restará apenas o Reino de Deus e sua Igreja na Jerusalém Celestial.

Ficam fora do Reino de Deus todas as pessoas que se rebelam aos Mandamentos, nosso escape é a obediência com oração.

Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte, lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós - 1ª Pedro 5.6-7.

Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 24.04.2011 - noite.