COMO AGE UMA PESSOA SEM DEUS – 1º Samuel 28.6-25

| 23-08-2010

Tomamos o Rei Saul como um exemplo típico de pessoa que age sem a direção de Deus e caminha celeremente para as mãos do inimigo.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 4.56Mb)

 

Saul estava com sua vida complicada perante o Deus Todo-Poderoso, para melhor entendermos a mensagem, primeiramente olhemos para alguns pecados do Rei Saul: Saul sendo rei fez o serviço sacerdotal que lhe era proibido (1º Samuel 13.8-13); desobedeceu outra vez a ordem de Deus, poupou a Agague o rei amalequita e o melhor das ovelhas e dos bois para oferecer em sacrifício, sendo que a ordem era destruir tudo (1º Samuel 15.15-23); diante de tanta rebeldia Deus ordena ungir outro rei (1º Samuel 16.1-3); o Espírito de Deus retira-se de Saul que passa a ser atormentado por um espírito maligno e Davi é chamado para acalmá-lo ao som da harpa (1º Samuel 16.14-18); mandou matar aos sacerdotes do SENHOR porque protegiam a Davi (1º Samuel 22.12-19).

É neste contexto que Saul caminha para a morte, numa vida infernal e tendo comunhão com as trevas.    

Consultou Saul ao SENHOR, porém o SENHOR não lhe respondeu, nem por sonhos, nem por Urim (Urim e Tumim = luzes e perfeições), nem por profetas - 1º Samuel 28.6.

Saul estava totalmente perdido, agindo sem o Deus Todo-Poderoso!

01. Associa-se aos poderes das trevas e jura em vão - v. 7-11

Então, disse Saul aos seus servos: Apontai-me uma mulher que fale com os espíritos, para que me encontre com ela e a consulte. Disseram-lhe os seus servos: Há uma mulher em En-Dor que é necromante (hleb ba‘alah = mestre dos sonhos, necromante ou pessoa que é portadora de um espírito familiar). Saul disfarçou-se, vestiu outras roupas e se foi, e com ele, dois homens, e, de noite, chegaram à mulher; e lhe disse: Peço-te que me adivinhes pela necromancia e me faças subir aquele que eu te disser. Respondeu-lhe a mulher: Bem sabes o que fez Saul, como eliminou da terra os médiuns e adivinhos; por que, pois, me armas cilada à minha vida, para me matares?   Então, Saul lhe jurou pelo SENHOR, dizendo: Tão certo como vive o SENHOR, nenhum castigo te sobrevirá por isso. Então, lhe disse a mulher: Quem te farei subir? (quem fica em baixo são os espíritos das trevas) Respondeu ele: Faze-me subir Samuel (Samuel era homem justo e estaria em cima, no Céu).

Saul sabendo que Deus não se agradava do seu comportamento rebelde, procurou associar-se aos poderes das trevas indo se aconselhar com uma sacerdotisa do paganismo que tinha supostos podres para chamar das profundezas da terra espíritos de mortos.

Desejou ver a Samuel que já estava morto, visando obter benefícios. Pela Bíblia sabemos que está posto um grande abismo entre os vivos e os mortos e lhes é proibido o contato (Lucas 16.26, Hebreus 9.27).

Para agradar a necromante, mesmo estando em rebeldia jurou por Deus, quebrando outro Mandamento que é "não jurarás o nome de Deus em vão": Então, Saul lhe jurou pelo SENHOR, dizendo: Tão certo como vive o SENHOR, nenhum castigo te sobrevirá por isso - v.10.

Então, lhe disse a mulher (necromante): Quem te farei subir? - v. 11

Na linguagem Bíblica sabemos que todas as coisas de Deus são referidas como DO ALTO e as coisas das trevas são referidas como terrenas e debaixo.

02. Acredita nos poderes das trevas - v. 12-20

Vendo a mulher a Samuel, gritou em alta voz; e a mulher disse a Saul: Por que me enganaste? Pois tu mesmo és Saul. Respondeu-lhe o rei: Não temas; que vês? Então, a mulher respondeu a Saul: Vejo um deus que sobe da terra (Samuel nunca foi um deus). Perguntou ele: Como é a sua figura? Respondeu ela: Vem subindo um ancião e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra e se prostrou. Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então, disse Saul (Entendendo que era Samuel): Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se desviou de mim e já não me responde, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso, te chamei para que me reveles o que devo fazer. Então, disse Samuel: Por que, pois, a mim me perguntas, visto que o SENHOR te desamparou e se fez teu inimigo? Porque o SENHOR fez para contigo como, por meu intermédio, ele te dissera; tirou o reino da tua mão e o deu ao teu companheiro Davi. Como tu não deste ouvidos à voz do SENHOR e não executaste o que ele, no furor da sua ira, ordenou contra Amaleque, por isso, o SENHOR te fez, hoje, isto. O SENHOR entregará também a Israel contigo nas mãos dos filisteus, e, amanhã, tu e teus filhos estareis comigo (Samuel, com certeza estava no Céu, Saul estava em rebeldia, como poderia estar com Samuel?); e o acampamento de Israel o SENHOR entregará nas mãos dos filisteus. De súbito, caiu Saul estendido por terra e foi tomado de grande medo por causa das palavras de Samuel; e faltavam-lhe as forças, porque não comera pão todo aquele dia e toda aquela noite.

A pitonisa necromante viu um espírito das trevas na forma de Samuel. A Bíblia relata aquilo que a pitonisa disse que viu: 1º disse que era Samuel; 2º disse que era um deus; 3º disse que era um ancião. Saul estava sem entendimento espiritual e disposto a crer no poder das trevas, então, entendendo que era Samuel o adorou. Em poucos instantes fez tudo o que Deus abomina, pois, curvou-se diante de um espírito maligno.

03. Tem comunhão com os servos das trevas - v. 21-25

Aproximou-se de Saul a mulher (necromante, médium) e, vendo-o assaz perturbado, disse-lhe: Eis que a tua serva deu ouvidos à tua voz, e, arriscando a minha vida, atendi às palavras que me falaste. Agora, pois, ouve também tu as palavras da tua serva e permite que eu ponha um bocado de pão diante de ti; come, para que tenhas forças e te ponhas a caminho. Porém ele o recusou e disse: Não comerei. Mas os seus servos e a mulher o constrangeram; e atendeu. Levantou-se do chão e se assentou no leito. Tinha a mulher em casa um bezerro cevado; apressou-se e matou-o, e, tomando farinha, a amassou, e a cozeu em bolos asmos. E os trouxe diante de Saul e de seus servos, e comeram. Depois, se levantaram e se foram naquela mesma noite.

Conclusão

Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo?  Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei, serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso - 2ª Coríntios 6.14-18.

Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai. Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai. E esta é a promessa que Ele mesmo nos fez, a vida eterna. Isto que vos acabo de escrever é acerca dos que vos procuram enganar - 1ª João 2.23-26.

      Se você citar a nossa autoria (Paulino Cordeiro) e nosso site (http://www.familiaabencoada.org.br/) poderá pregar na sua Igreja ou publicar em outros Sites. Dê bom testemunho para poder abençoar, seja fiel.  

Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Comunidade Evangélica Família Abençoada - 22.08.201r0 - noite.