LOUCURA OU SABEDORIA? – 1ª Coríntios 1.18-21 (1.17-31)

Pr. Paulino Cordeiro | 31-08-2009

Loucura ou Sabedoria? Tudo é muito relativo, depende da fonte em que você bebe ou de quem é o teu mestre.

(Baixe aqui o áudio deste sermão no formato MP3 -  tamanho de 2.85Mb)

Loucura quer dizer alienação mental, insensatez, imprudência.

Há um antagonismo entre a sabedoria do mundo e a mensagem da Salvação, cada um é loucura em relação ao outro.

01. A Sabedoria de Deus é loucura para os que se perdem - v.18-20

Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus - v.18.

A cruz não tem poder algum, apenas foi objeto de maldição para que se cumprisse a Vontade de Deus, pois, ali Jesus se fez maldito, morrendo em lugar de pecadores. Assim como, no tempo de Moisés, o cordeiro inocente era sacrificado no lugar do pecador, Jesus, o Cordeiro de Deus, morreu na cruz por muitos pecadores.

Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente - 1ª Co 2.14.

Para os incrédulos isto é loucura, embotamento mental, pois, estão alienados de Deus, presos a sabedorias filosóficas e psicológicas. Perguntam entre si, como pode um herói morto na cruz da maldição ser o Salvador?

Pois está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos.  Onde está o sábio? Onde, o escriba? Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? - 1ª Co 1.19-20 (Isaías 29.13-14).

Infelizmente, vivemos uma época em que a maioria dos Crentes prefere estar lendo livros "devocionais", em vez de lerem a Bíblia; estarem consultando filósofos e psicólogos do que consultarem a Bíblia e ouvirem a pregação da Verdade.

Quanta loucura, quanta perdição?

02. A Loucura de Deus é sabedoria para os que crêem - v.21-31

Loucura para os Judeus, loucura para os estrangeiros, mas sabedoria e justiça de Deus para os que crêem. O Messias prometido, herói tão esperado; agora, morto na cruz, é o Salvador, não parece contraditório?

Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não O conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. Porque tanto os judeus pedem sinais, como os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento; pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus. Mas vós sois DELE, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção, para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor - v.21-31.

Em Deus não há loucura nem fraqueza, Paulo usa de irônicas expressões para abater as loucas presunções dos "sábios".

Os Judeus esperavam um poderoso rei para assentar-se no trono de Israel, semelhante a Davi; os gregos e estrangeiros, talvez acreditassem em alguém semelhante a Platão ou Aristóteles. Aos olhos daqueles povos, quanta loucura; um Messias que morreu na impotência e envergonhado; acreditar num Salvador crucificado?

Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; porquanto está escrito: Ele apanha os sábios na própria astúcia deles - 1ª Coríntios 3.19.

Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente. Disto também falamos não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais - 1ª Co 2.12-13.

A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana, e sim no poder de Deus - 1ª Co 2.4-5.

Conclusão

A sabedoria do mundo é loucura para Deus, mas a "loucura" do Evangelho é sabedoria para a Salvação eterna.

Quisera eu me suportásseis um pouco mais na minha loucura. Suportai-me, pois. Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só esposo, que é Cristo. Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo - 2ª Coríntios 11.1-3.           

Pr. Paulino Cordeiro - Pastor da CEFA - Família Abençoada -30.08.2009 -noite