NÃO TEMAS - Ap 1.1-18

Pr. Paulino Cordeiro | 29-10-2007

João fala de tribulação por causa do nome de Jesus e da sua mensagem, estava  aflito, talvez exilado ou preso na ilha de Patmos - versículo 9. Jesus disse: No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo - João 16.33.

João estava em perfeita comunhão com Deus: Achei-me em espírito,  ou seja, estava cheio do Espírito Santo e comunicava-se de maneira sobrenatural - v.10.

A ordem foi que escrevesse e mandasse para as sete Igrejas existentes naquela época - v.11. Sete (7) significa totalidade e perfeição, portanto, esta mensagem é para toda a Igreja de todos os tempos.

Conforme v.12, e 20, Jesus tem na sua mão direita os Sete Candeeiros que representam a Igreja. Isto fala da soberania (Dn 7.13-14) e do amor de Jesus para conosco, guarda a Sua Igreja na palma da mão. Além de todo este cuidado, Ele ministra a Igreja como Sumo sacerdote - v.13.

Esta simbologia do v.14, mostra a eternidade e Onisciência de Jesus e sua ira contra o que não é Puro e Santo. As figuras de Jesus e Deus Pai se misturam pois Jesus disse: Eu e o Pai somos Um (Jo 14.9) -  v.14 (Ver Dn 7.9).

O v.15 ressalta a Pureza de Jesus (refinado numa fornalha) e o Poder da Sua Palavra (voz de muitas  águas).

Estas figuras do v.16 representam poder e Glória - Cristo venceu a morte e tem na mão os pastores, que são os anjos da Igreja (7 estrelas). Quem aceita o pastoreio instituído por Jesus também está na palma de Sua mão - Jo 10.27,28.

Caí como morto - v.17: quero lembrar que a bíblia mostra que somente os Puros de coração podem ver a Deus e viver.

João viveu porque a mão direita de Jesus o tocou dizendo:  NÃO TEMAS! Você tem recebido o toque de Jesus?

Caros irmãos, notamos quatro afirmações fantásticas de Jesus quando  ele diz a João NÃO TEMAS.

01.  Porque Eu sou o Primeiro e o Último - Ap 1.17

Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso (Ap 1.8).

Você está em tribulação ou perseguição? Ouça o que diz Jesus: Não temas porque EU SOU o SENHOR absoluto da história que passou, que está acontecendo e que acontecerá.

Jesus é o Senhor da história, Ele virá em Glória, mas ainda visita o Seu Povo para conduzi-lo ao Triunfo e Vitória final. Ele habita na Sua Igreja, tem os pastores (anjos) na palma de Sua mão, e se tem os pastores, também, tem as ovelhas.

Jesus é o Todo Poderoso, Governador de tudo!

Jesus tem governado a tua vida?

02.  Porque Eu estive morto - Ap 1.18 e Jo 15.13-14

Não temas meu amigo João, estive morto, mas eis que estou vivo.  João era discípulo e amigo íntimo de Jesus. Jesus quer que todos sejamos Seus amigos íntimos (Jo 15.13-14).

1ª Pedro 3.18a, fala-nos de Jesus que esteve morto pelos nossos pecados: Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne... Morreu o Cordeiro Santo e Imaculado, derramou Seu precioso Sangue, O Justo pelos injustos, para conduzir-nos ao Pai.

João estava na presença daquele que participou da criação do mundo, do destino da humanidade e que por amor e ele, a nós, morreu na cruz e esteve morto.

03.   Porque Eu vivo eternamente - Ap 1.18

Jesus esteve morto na carne, mas vivificado no espírito: ... morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito, no qual também foi e pregou aos espíritos em prisão - 1ª Pe 3.18b.

A ressurreição é para os mortos, sem Jesus todos estamos mortos nos nossos delitos e pecados. Jesus se igualou a nós para conceder-nos ressurreição, juntamente com Ele, para a vida eterna.

Quando Jesus ressuscitou, ele não voltou simplesmente para o Reino de Glória junto ao Pai, Ele entrou num novo tipo de vida, vencendo a morte para sempre - ele diz: Eis que estou vivo pelos séculos dos séculos.

Jesus está dizendo: NÃO TEMAS! Tragada foi a morte pela minha vitória, Eu ressuscitei e vos dou vida eterna! - 1ª Co 15.54.

Em Jesus ressuscitado nós podemos gritar vitoriosos:

- onde está, ó morte, a tua vitória? onde está, ó morte, o teu aguilhão? - 1ª Co 15.55

O pecado foi derrotado na cruz - lá Jesus quebrou o aguilhão mortífero, que é o pecado, purificando-nos no seu sangue imaculado, nos dando vida Eterna; porque Ele Vive, eu Vivo!

04.  Porque Eu tenho as chaves da Morte e do Inferno - Ap 1.18

Pela vitória do SENHOR Jesus, tragada foi a morte, pois, o pecado não tem mais poder e domínio sobre a nossa vida.

Jesus quando ressuscitou disse: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra (Mt 28.18), portanto, meus irmãos, do que temer? Jesus tem autoridade para nos livrar da Morte Eterna e do Inferno.

Ele disse: Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai senão por Mim (Jo 14.6), e isto é um direito nosso, que Jesus Conquistou na Cruz.

Conclusão

Meu irmão , minha irmã, se crermos de todo o coração que Jesus é o primeiro e o último, que esteve morto, mas vive eternamente, e tem as chaves da morte e do inferno; seremos eternamente livres e vitoriosos com Jesus, aquele que vive e reina pelos séculos dos séculos!

Ele mesmo disse: conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres - Jo 8.32,36. NÃO TEMAS!

                     Pr. Paulino Cordeiro - 28.10.2007 - noite