COMO AMAR A DEUS? – Mt 22.37 e Dt 6.5

| 29-12-2006

- Mt 22:37 - Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.

- Dt 6.5  - Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.

Jesus, diante da irritação dos seus inimigos, derrama a expressão máxima para a vida do verdadeiro cidadão do Reino de Deus; Amarás a Deus acima de tudo e de todos, amarás a ti mesmo e ao próximo como a ti mesmo.

            No sermão anterior aprendemos sobre o AMOR AO PRÓXIMO, agora, quero compartilhar sobre o AMOR A DEUS, acima de tudo e de todos:

O QUE É AMOR? Amor é doação altruísta

- 1Jo 4.10 - Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.

- 1Jo 4.8 - Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.

- Deus é a única fonte do verdadeiro amor.

QUEM É DEUS? Deus é Espírito soberano sobre tudo e sobre todos

- Jo 4.24 Deus é Espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

01. De todo o teu coração (Cardia)

O coração é o centro vital onde são refletidas as emoções e os sentimentos.

Amar a Deus de todo o coração é PERMITIR que todas as suas emoções SEJAM voltadas para Deus e GUIADAS pelo Espírito Santo de Deus.

  • Sl 119:2 - Bem-aventurados os que guardam as suas prescrições e o buscam de todo o coração;
  • Joel 2.12 - Ainda assim, agora mesmo, diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, com choro e com pranto.
  • O arrependimento leva o ser humano a viver as emoções mais apreciáveis e desejáveis na face da terra.

O verdadeiro amor a Deus está acima de toda e qualquer emoção humana e terrena. Amar a Deus de todo o coração é viver intensamente todas as emoções do Reino da Luz e abandonar todas as emoções do reino das trevas.

02. De toda a tua alma (Psiqê).

Situada dentro do cérebro, é a sede do conhecimento. Ali cabe um armazenamento infinito de conhecimentos e de experiências.

  • Sede onde acontecem todas as decisões, boas ou ruins.
  • Sl 119:175 - Viva a minha alma para louvar-te; ajudem-me os teus juízos.
  • Sl 143:6 - A ti levanto as mãos; a minha alma anseia por ti, como terra sedenta.
  • Fp 4.8 - Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.
  • Jo 6.35 - A alma deve ser alimentada com o Pão da Vida: Declarou-lhes, pois, Jesus: Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede.

Cuidado com o que armazena na tua alma. O teu amor a Deus será proporcional ao que tem guardado, de Deus, na tua alma. Amar a Deus de toda a tua alma é ter a tua mente cheia das coisas de Deus.

03. De todo o teu entendimento (Dianóia)

Entendimento é o conhecimento, carregado de uma força (boa ou ruim), pronto para ser colocado em prática. É a fonte de onde deve jorrar o bem segundo aquilo que já entendemos.

  • Pv 16:22 - O entendimento, para aqueles que o possuem, é fonte de vida; mas, para o insensato, a sua estultícia lhe é castigo.
  • Sl 119.34 - Devemos desejar o entendimento: Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei; de todo o coração a cumprirei.
  • Rm 12.1-2 - Paulo fala aos Romanos do culto com entendimentoRogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. 2 E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Só amamos a Deus com todo o entendimento quando buscamos o entendimento na Sua Palavra, a Bíblia, e colocamos em prática.

CONCLUSÃO:

Expressamos amor a Deus quando andamos em completa submissão à vontade de Deus, ou seja, o nosso coração (emoções), alma (sede do conhecimento) e entendimento (força para colocar o conhecimento em prática), a serviço de Deus. Devemos ter fome e sede de Deus.

Pv 2.1-10 - Filho meu, se aceitares as minhas palavras e esconderes contigo os meus mandamentos, 2  para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido e para inclinares o coração ao entendimento, 3  e, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz, 4  se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, 5  então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus. 6  Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento. 7  Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; é escudo para os que caminham na sinceridade, 8  guarda as veredas do juízo e conserva o caminho dos seus santos. 9  Então, entenderás justiça, juízo e eqüidade, todas as boas veredas. 10 Porquanto a sabedoria entrará no teu coração, e o conhecimento será agradável à tua alma.

 

Pr. Paulino 24/12/2006 - noite.